10% de desconto

Contos

Livro de Bolso

de Charles Perrault; Tradução: António Pescada

editor: BIS, julho de 2010
RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 4º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Da leitura de todos os contos de Perrault o que mais interessa salientar é a sua simplicidade e o seu rigor. Respeitando o ritmo e as fórmulas típicas do conto tradicional, e com tal encantamento de linguagem, três séculos mais tarde continuam a apresentar o mesmo fascínio e a povoar de sonhos a imaginação das crianças.

Contos

Livro de Bolso

de Charles Perrault; Tradução: António Pescada

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896600488
Editor: BIS
Data de Lançamento: julho de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 125 x 191 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 384
Tipo de produto: Livro
Coleção: BIS
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Contos Fábulas e Narrativas
EAN: 9789896600488
e e e e e

Maravilhoso livro para incentivar a leitura nos mais novos

Neuza

Sendo uma compilação de contos tradicionais,torna-se fundamental para incentivar a leitura das crianças...

e e e e e

Compilação de contos da valorização do popular e do maravilhoso tradicional

Sara

Constituído a partir de narrativas orais que circulavam entre o povo. Os heróis destes contos são sempre crianças ou adolescentes, fazendo com que o leitor infantil se relacione com os mesmos, fazendo deduções sobre as opções das personagens e associam aos contextos do seu dia-a-dia. Não há nada melhor para uma criança do que aprender sobre o mundo e a vida com histórias! Além disso, é um livro económico, bem traduzido e de leitura acessível a todos!

Charles Perrault

Escritor francês (1628­1703) nasceu em Paris a 13 de janeiro de 1628 e morreu, também em Paris, a 15 de maio de 1703. Filho de um advogado, é no meio de uma burguesia culta que o autor é educado. Fez estudos universitários e iniciou a sua carreira profissional como advogado. Em 1654, a convite de um dos seus irmãos, é nomeado «coletor de finanças» e mais tarde, em 1661, por indicação do ministro Colbert, ministro das Finanças de Luís XIV, é nomeado «inspetor das Obras do Rei». Paralelamente à sua atividade profissional, escreve poesia, frequenta salões literários e escreve obras de circunstância.

(ver mais)
Contos de Perrault

Contos de Perrault

10%
Porto Editora
9,99€ 10% CARTÃO
Cinderela

Cinderela

10%
Fábula
14,95€ 10% CARTÃO
Contos - Hans Christian Andersen

Contos - Hans Christian Andersen

10%
Temas e Debates
24,40€ 10% CARTÃO
portes grátis
Contos Completos (Irmãos Grimm)

Contos Completos (Irmãos Grimm)

10%
Temas e Debates
24,40€ 10% CARTÃO
portes grátis