10% de desconto

Sobre Arte, Técnica, Linguagem e Política

de Walter Benjamin

editor: Relógio D'Água, fevereiro de 2012
«Sob o olhar das suas palavras tudo se transforma como se se tornasse radioactivo. Mas a sua capacidade de distinguir constantemente novos aspectos das coisas — não tanto pelo processo que consiste em romper criticamente as convenções como pelo de relacionar-se com o objecto de acordo com a sua organização interna como se a convenção nenhum poder tivesse sobre ele — não pode apreender-se seriamente através do conceito de originalidade. Nenhum pensamento original desse homem inesgotável se assemelha a algo sem mistura.»
T. W. Adorno

«Sob o olhar das suas palavras tudo se transforma como se se tornasse radioactivo. Mas a sua capacidade de distinguir constantemente novos aspectos das coisas — não tanto pelo processo que consiste em romper criticamente as convenções como pelo de relacionar-se com o objecto de acordo com a sua organização interna como se a convenção nenhum poder tivesse sobre ele — não pode apreender-se seriamente através do conceito de originalidade. Nenhum pensamento original desse homem inesgotável se assemelha a algo sem mistura.»
T. W. Adorno

Sobre Arte, Técnica, Linguagem e Política

de Walter Benjamin

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896412708
Editor: Relógio D'Água
Data de Lançamento: fevereiro de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 233 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9789896412708
e e e e e

Sobre Arte

Daniel Osvaldo

Walter Benjam, um dos poucos grandes pensadores sobre arte; a arte do século XX em diante. Indispensável!

Walter Benjamin

Walter Benjamin nasceu em Berlim em 1892, no seio de uma família judaica. Estudou Filosofia em Berlim, Munique e Freiburg e doutorou-se em Berna (Suíça) no ano de 1919, com a tese A Crítica de Arte no Romantismo Alemão. A ascensão de Hitler e do nazismo obrigaram-no a fugir de Berlim, em 1933. Residiu sobretudo em Paris, com passagens por Itália e por Espanha. O medo de ser entregue à Gestapo e as dificuldades em passar a fronteira entre França e Espanha conduziram-no ao suicídio em 1940. Como legado deixou-nos uma obra filosófica de uma impressionante atualidade, onde se cruzam os assuntos que tentava compreender e estudar: História, Modernidade, Arte, Tecnologia, literatura dos séculos XIX e XX e a ascensão da cultura de massas, assim como numerosas traduções e análises literárias a Baudelaire, Brecht, Hölderlin, Kafka e Proust.

(ver mais)
Ensaios sobre Literatura

Ensaios sobre Literatura

10%
Assírio & Alvim
22,20€ 10% CARTÃO
portes grátis
Diários de Viagem

Diários de Viagem

10%
Assírio & Alvim
19,99€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Invenção da Modernidade

A Invenção da Modernidade

10%
Relógio D'Água
20,19€ 10% CARTÃO
portes grátis