O Véu Pintado

de William Somerset Maugham

editor: Edições Asa, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Kitty sente-se prisioneira de um casamento infeliz e de um estilo de vida que está longe de ser aquele com que sempre sonhou. Sem que tivesse obtido a notoriedade social que desejava e afastada do seu país e da família devido à profissão do marido – bacteriologista destacado para Hong Kong –, a jovem acaba por encontrar algum consolo numa relação extraconjugal. Mas a traição acaba por ser descoberta pelo marido, que leva a cabo uma estranha e terrível vingança… <><> Em O Véu Pintado, Somerset Maugham faz, através da história do acordar espiritual da adorável e fútil Kitty Fane, uma extraordinária caracterização da presença britânica na China e apresenta-nos, como é seu apanágio, uma admirável galeria de personagens.

O Véu Pintado

de William Somerset Maugham

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724137131
Editor: Edições Asa
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 194 x 124 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 286
Tipo de produto: Livro
Coleção: Pequenos Prazeres
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789724137131
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
William Somerset Maugham

William Somerset Maugham, filho de pais ingleses a viverem em França, nasceu em 1874, na embaixada britânica de Paris, de modo a escapar à obrigatoriedade de cumprir serviço militar imposta a todos os cidadãos nascidos em solo francês. Dramaturgo e romancista, antes de deflagrar a Primeira Guerra Mundial, Maugham já havia publicado dez romances e igual número de peças de teatro da sua autoria haviam subido a palco. Rapidamente se tornou um dos mais célebres escritores do seu tempo, e também um dos mais bem pagos. Quando ficou órfão de ambos os pais, antes de completar dez anos, foi enviado para Inglaterra, permanecendo ao cuidado de um tio. Mudou de país e mudou de língua – a adaptação não decorreu pacificamente. Com dezasseis anos, convenceu o tio a deixá-lo estudar na Alemanha, onde se dedicaria à literatura, à filosofia e à língua alemã. Aqui assumiria a sua bissexualidade, tendo a primeira relação homossexual, e aqui escreveria o seu primeiro livro, uma biografia do compositor Giacomo Meyerbeer. Quando regressou a Inglaterra, Somerset Maugham já tinha a certeza de que queria ser escritor. Durante a Primeira Guerra Mundial, o escritor viajou pela Índia e pelo Sudeste Asiático, experiência que lhe serviu de mote para várias obras. Entre os seus livros mais notáveis, encontram-se Servidão Humana, O Fio da Navalha e A Carta. Somerset Maugham morreu na sua casa do Sul de França em 1965, e as suas cinzas foram espalhadas perto da Biblioteca Maugham, em Inglaterra.

(ver mais)
A Identidade

A Identidade

Edições Asa
8,80€
Ashenden - O Agente Britânico

Ashenden - O Agente Britânico

10%
Edições Asa
17,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Mulherzinhas

Mulherzinhas

10%
Relógio D'Água
13,50€ 10% CARTÃO
O Perfume

O Perfume

10%
Editorial Presença
18,90€ 10% CARTÃO
portes grátis