O Rastro do Jaguar

Livro de Bolso

de Murilo Carvalho

ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Estamos no virar do século XIX em Congonhas do Campo. Pereira, um antigo jornalista de origem portuguesa, revisita as suas memórias, que percorrem todo o conturbado período da segunda metade do século. Através do relato da sua viagem, Pereira, que deixara Paris com o seu grande amigo e companheiro Pierre, leva-nos a conhecer o Brasil em guerra com o vizinho Paraguai, no período mais decisivo da sua história. Uma guerra sangrenta que o Brasil trava ao lado da Argentina e do Uruguai e que, para Pereira e Pierre, será o momento decisivo das suas vidas. É também a guerra pelo espaço vital das populações índias que, humilhadas pela acomodação forçada às regras e vivências dos colonos, tentam recuperar a sua Terra Mítica onde o Mal não existe. É ainda a guerra travada por Pierre para se definir a si mesmo: índio, como o seu povo, ou europeu, tal como foi criado? Levado em criança por Auguste de Saint’ Hillaire do Brasil para França, descobre, já adulto, nas feições de dois índios presos, a chave para as suas raízes nunca explicadas. Raízes que vai encontrar nesse cruzamento do Rio da Prata onde brasileiros e paraguaios morrem aos milhares e os índios guarani lutam por uma terra onde possam de novo viver livres e em paz. Da França à Argentina, do Brasil ao Paraguai, do sertão nordestino aos planaltos do Sul do Brasil, Pereira relata-nos de uma forma empolgante e quase cinematográfica as grandes transformações que definiram a América do Sul. Pelo caminho, encontra o amor perfeito e Pierre a pátria a que, junto dos seus, pode chamar sua.

O Rastro do Jaguar

Livro de Bolso

de Murilo Carvalho

ISBN: 9789896600327
Editor: BIS
Idioma: Português
Dimensões: 125 x 189 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 512
Tipo de produto: Livro
Coleção: BIS
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789896600327
e e e e e

Epopeia do povo brasileiro

António Francisco Baixinho

Gostei do retrato deliniado a partir de Congonhas do Campo e à sombra das estátuas do "Aleijadinho" essa que foi a estúpida guerra do Paraguai e a saga do índio sulamericano

Murilo Carvalho

Nascido nas montanhas de Minas Gerais, Brasil, Murilo Carvalho é jornalista, escritor e realizador de documentários. Trabalhou em alguns dos principais jornais e também em revistas e televisões brasileiras.
Durante os anos de ditadura militar no Brasil foi repórter do jornal Movimento, publicação de carácter democrático, onde era responsável pela secção Cena Brasileira, que fazia um retrato jornalístico-literário da gente e da realidade dos sertões do país. Nesse longo período, conviveu com várias tribos indígenas, fazendeiros e trabalhadores rurais, que viam, a cada dia, a terra encolher sob os seus pés.
Trabalhou ainda no jornal Folha de São Paulo e em revistas da Editora Abril. Nos últimos anos dedicou-se à produção de documentários e programas de televisão sobre a realidade brasileira.
A literatura tem sido uma companheira desde a juventude; em 1974 recebeu o principal prémio literário brasileiro da época: Concurso de Contos do Paraná.
Editou dois livros de ficção e vários livros de reportagem. O Rastro do Jaguar é o seu primeiro romance.

(ver mais)
20%
BIS
6,00€ 7,50€
portes grátis
20%
BIS
6,00€ 7,50€
portes grátis
20%
Leya
7,92€ 9,90€
portes grátis
20%
Leya
6,00€ 7,50€
portes grátis
20%
Chiado Books
11,20€ 14,00€
portes grátis
20%
Narrativa
14,00€ 17,50€
portes grátis