10% de desconto

O Homem e o Rio

Livro 1

de William Faulkner

editor: Publicações Europa-América, abril de 1971
William Faulkner nasceu em New Albany, Mississípi, em 1897, e passou grande parte da sua vida em Oxford, também Mississípi, onde morreu em 1962.
Descendente duma velha família do sul dos Estados Unidos, cresceu influenciado pelas recordações da Guerra da Secessão. Na primeira guerra mundial alistou-se como voluntário na Royal Air Force.

Regressado ao seu país, teve diversas ocupações: universitário, carpinteiro, pintor de paredes e carteiro. A Guerra da Secessão foi matéria dos seus romances: Sartoris (1929), Absolom, Absolom! (1936) e The Unvanquished (1938), enquanto a Grande Guerra deu origem a Soldier's Pay (1926) e Pylon (1935).

É um dos primeiros autores a criticarem Hollywood. Com uma grande capacidade de observação, os seus livros têm sempre um conteúdo simbólico, são rodeados por uma atmosfera carregada de pessimismo, amargura e tragédia, a que não falta um clima épico. Não hesitando diante da descrição de nenhuma cena, Faulkner demonstrou uma tendência marcada para o macabro e para o horrível.

Na sua obra, a fatalidade detém um papel primordial.
Em 1949, Faulkner recebeu o Prémio Nobel da Literatura.

Evocando as circunstâncias impressionantes da grande cheia do Mississípi, em 1927, Faulkner conta-nos em O Homem e o Rio uma parábola que tem como tema central a missão confiada a um dos presos duma colónia penal.

Ao forçado alto e esgrouviado cabe o salvamento de uma mulher isolada na planície pelas águas…

O Homem e o Rio

de William Faulkner

Propriedade Descrição
ISBN: 9789721011502
Editor: Publicações Europa-América
Data de Lançamento: abril de 1971
Idioma: Português
Dimensões: 112 x 179 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 141
Tipo de produto: Livro
Coleção: Livros de Bolso / Europa América
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 5601072405141
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
William Faulkner

William Faulkner nasceu a 25 de setembro de 1897 em New Albany, Mississípi. A decadência do sul dos Estados Unidos da América, onde sempre viveu, está no centro de grande parte dos seus romances, entre os quais se destacam O Som e a Fúria (1929), Luz em Agosto (1932) e Absalão, Absalão! (1936). Distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 1949, recebeu por duas vezes o prémio Pulitzer de Ficção, com A Fábula (1954) e Os Ratoneiros (1962). Autor central da literatura norte-americana e um dos maiores escritores do século XX, morreu a 6 de julho de 1962.

(ver mais)
A Oeste Nada de Novo

A Oeste Nada de Novo

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO
Nana

Nana

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO
O Som e a Fúria

O Som e a Fúria

10%
Leya
10,00€ 10% CARTÃO
A Mansão

A Mansão

10%
Livros do Brasil
16,65€ 10% CARTÃO
portes grátis
Os Homens e os Outros

Os Homens e os Outros

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO
Cartas do Meu Moinho

Cartas do Meu Moinho

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO