100%

Cândido ou o Optimismo

Livro de Bolso

de Voltaire; Tradução: Rui Tavares; Ilustração: Vera Tavares

editor: Tinta da China, maio de 2012
DEVOLVEMOS 100% NA COMPRA DESTE ARTIGO - SAIBA MAIS i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

«Cândido, ou o Optimismo» foi pela primeira vez publicado em 1759. Sabendo à partida que o livro seria proibido, Voltaire optou por uma edição clandestina que rapidamente atingiria níveis de vendas extraordinários para a época. Seguir-se-iam centenas, senão milhares, de edições ao longo dos séculos XIX e XX. A presente tradução, a partir de um exemplar da primeira edição guardado na Biblioteca Nacional de França, procura reabilitar o texto na sua versão inicial, preservando as características típicas do discurso de Voltaire nos seus «contos filosóficos»: frescura, liberdade de forma e imaginação. A ideia é que, apesar de traduzido, o leitor possa ler Voltaire e não os seus editores e fixadores de texto dos quase 250 anos que entretanto passaram. As notas e o posfácio desta edição ajudam a compreender mais profundamente os sentidos e as referências de Cândido, bem como a sua relação com Portugal no tempo do Grande Terramoto. Os belíssimos desenhos de Vera Tavares acrescentam um encanto muito especial ao texto de Voltaire, enriquecendo a sua leitura.

«Traduzido brilhantemente por Rui Tavares a partir da primeira edição (1759), este volume recupera a graça e a fluidez dos "contos filosóficos" de Voltaire.»
José Mário Silva, Diário de Notícias

Cândido ou o Optimismo

Livro de Bolso

de Voltaire; Tradução: Rui Tavares; Ilustração: Vera Tavares

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896711252
Editor: Tinta da China
Data de Lançamento: maio de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 128 x 184 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9789896711252
e e e e E

mundo de reflexões

tf

Voltaire tem nesta obra um universo vasto e mordaz de reflexões sobre os seus tempos mas também dos nossos. É um livro absolutamente disruptivo e voraz na crítica da sociedade.

e e e e e

Um clássico (que, como clássico que é, nunca envelhece)

Rui

Um maravilhoso clássico! Adorei a edição da Tinta da China, que inclui belas ilustrações. Este clássico de Voltaire faz parte do cânone literário. É uma obra incontornável. Tem cerca de duzentos e cinquenta anos, mas irá perdurar muitos mais anos. O livro conta a história de vida de Cândido. Nascido em berço de ouro e criado na redoma dum castelo da Vestefália, Cândido cairá em desgraça, por amor, e será expulso do castelo. Este evento vai produzir um sem fim de acontecimentos (alguns deles inspirados em acontecimentos históricos): Cândido parte numa viagem inesquecível, que passará por diferentes culturas e continentes, e vai colocar em causa a tese do seu percetor, o inesquecível Pangloss, que afirma "tudo vai bem no melhor dos mundos possíveis". No fim da sua inolvidável e extenuante jornada, Cândido estará mais do que habilitado a avaliar a tese do seu mestre.

e e e e e

Fabuloso!

Miguel Silva

Quem somos perante os infortúnios? Uma irrepreensível tradução de Rui Tavares - secundada pelas belíssimas ilustrações de Vera Tavares -, que potencia a riquíssima, sagaz e envolvente escrita do autor. Um livro crítico pleno de humor e sarcasmo que reflecte com simultânea leveza e profundidade sobre diversos acontecimentos do século XVIII e condição humana perante estes. Talvez sejamos o que somos para justificar este livro como fim.

e e e e E

O absurdo do destino ou o destino do absurdo

Carlos L.

Ler este livro é entrar numa aventura onde o destino, o absurdo, o questionamento e a ambição andam aleatoriamente juntos. Como viver? Qual a forma correta de viver é uma das questões repetidamente colocadas pela personagem principal, que tanto tem daquilo que facilmente se pode apelidar de mau como de bom. Para ler de forma divertida, para questionar de forma mais séria.

e e e e e

250 anos depois...

Black Phoenix

No mesmo nº de páginas que Eça levaria para descrever o Ramalhete, Voltaire mata 10 personagens e atravessa 4 países. O próprio Italo Calvino analisa esta rapidez da narrativa no seu "Porquê ler os clássicos?". A ligeireza e leviandade com que se descrevem os actos mais bárbaros, os propositados estereótipos de cada nação, o constante sarcasmo (notável na descrição das acções do ingénuo protagonista) torna um livro que à partida, esperamos, seja um "clássico" enfadonho, num deleite. E a rir se deixam umas verdades... válidas 250 anos depois.

Voltaire

François-Marie Arouet nasceu em Paris no ano de 1694 e foi registado como filho de um bem-sucedido notário parisiense, François Arouet, e da sua esposa, embora ele próprio suspeitasse ser filho da Sra. Arouet e de um poeta menor.
Após estudos num colégio jesuíta, no qual apreciou sobretudo as peças de teatro escolares, decidiu lançar-se numa carreira literária e na sociedade: uma e outra lhe valeram duas estadias na prisão da Bastilha (por uns panfletos satíricos primeiro, por uma briga com um nobre depois). Ao sair da prisão deu a si próprio o nome de Senhor de Voltaire. Foi dramaturgo, historiador, filósofo, divulgador científico, homem de negócios, membro da Academia das Ciências de França, agricultor, proprietário, investidor de capital de risco, ativista dos direitos civis e humanos, homem da corte desterrado no campo e, sobretudo, o autor mais célebre, admirado e odiado do seu tempo.
Morreu em 1778, pouco depois de regressar a Paris após um exílio de mais de vinte anos. A sua obra é extensíssima e nunca foi esgotada numa só coleção. A Voltaire Foundation, de Oxford, prevê publicá-la em 85 volumes. Cândido ou o Optimismo é considerado o seu melhor «conto filosófico» e é uma das melhores novelas da história da literatura.

(ver mais)
Cândido ou o Otimismo

Cândido ou o Otimismo

Relógio D'Água
14,50€
Tratado sobre a Tolerância

Tratado sobre a Tolerância

10%
Antígona
14,40€ 16,00€
Jerusalém

Jerusalém

Tinta da China
19,90€
portes grátis
O Vermelho e o Negro

O Vermelho e o Negro

Relógio D'Água
24,23€
portes grátis