Vozes Anoitecidas

Livro 1

de Mia Couto

Livro eBook
editor: Editorial Caminho, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

"O que mais dói na miséria é a ignorância que ela tem de si mesma. Confrontados com a ausência de tudo, os homens abstêm-se do sonho, desarmando-se do desejo de serem outros. Existe no nada essa ilusão de plenitude que faz parar a vida e anoitecer as vozes. Estas estórias desadormeceram em mim sempre a partir de qualquer coisa acontecida de verdade mas que me foi contada como se tivesse ocorrido na outra margem do mundo. Na travessia dessa fronteira de sombra escutei vozes que vazaram o sol. Outras foram asas do meu voo de escrever. A umas e a outras dedico este desejo de contar e de inventar. "

Vozes Anoitecidas

de Mia Couto

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722102179
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 210 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 170
Tipo de produto: Livro
Coleção: Uma Terra sem Amos
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722102179
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Mia Couto

Nasceu na Beira, Moçambique, em 1955.
Foi jornalista e professor, e é, atualmente, biólogo e escritor. Está traduzido em diversas línguas.
Entre outros prémios e distinções (de que se destaca a nomeação, por um júri criado para o efeito pela Feira Internacional do Livro do Zimbabwe, de Terra Sonâmbula como um dos doze melhores livros africanos do século XX), foi galardoado, pelo conjunto da sua já vasta obra, com o Prémio Vergílio Ferreira 1999 e com o Prémio União Latina de Literaturas Românicas 2007. Ainda em 2007 Mia foi distinguido com o Prémio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura pelo seu romance O Outro Pé da Sereia.
Jesusalém foi considerado um dos 20 livros de ficção mais importantes da «rentrée» literária francesa por um júri da estação radiofónica France Culture e da revista Télérama.
Em 2011 venceu o Prémio Eduardo Lourenço, que se destina a premiar o forte contributo de Mia Couto para o desenvolvimento da língua portuguesa.
Em 2013 foi galardoado com o Prémio Camões e com o prémio norte-americano Neustadt.
Em 2020 foi galardoado com o Prémio Jan Michalski de Literatura, atribuído anualmente pela Fundação suíça Jan Michalski, tem o valor monetário de 50.000 francos suíços e inclui também uma escultura em madeira do artista nigeriano Alimi Adewale, e distingue a trilogia As Areias do Imperador, publicada em Portugal pela Editorial Caminho em 2015-2018.

(ver mais)
O Dia das Calças Roladas

O Dia das Calças Roladas

10%
Editorial Caminho
10,90€ 10% CARTÃO
A Família Trago

A Família Trago

10%
Editorial Caminho
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Gato e o Escuro

O Gato e o Escuro

10%
Editorial Caminho
10,60€ 10% CARTÃO
O Beijo da Palavrinha

O Beijo da Palavrinha

10%
Editorial Caminho
13,50€ 10% CARTÃO