20% de desconto

Relato de um Náufrago

de Gabriel García Márquez

Livro eBook
editor: Dom Quixote, junho de 2011
A história desta experiência incrível é maravilhosamente clara e nítida
RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 8º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

Relato de Um Náufrago descreve a experiência de um jovem que, em 1955, caiu ao mar, com outros sete membros da tripulação do contratorpedeiro Caldas da Marinha de Guerra da Colômbia, e que teve a sorte de ser o único sobrevivente.
Embora a história tenha sido escrita por Gabriel García Márquez no seu tempo de jornalista do El Espectador de Bogotá, com material resultante de uma longa entrevista ao sobrevivente, os responsáveis pela publicação decidiram que a história seria narrada na primeira pessoa e assinada pelo náufrago. Foi publicada diariamente, um mês depois dos acontecimentos terem ocorrido, em 14 partes consecutivas. A história teve imenso impacto, não pela sua novidade, uma vez que a notícia fora amplamente coberta pelos media e explorada pelos anunciantes, mas porque, pela primeira vez, se tornou público um relato verdadeiro do que sucedeu. Quinze anos mais tarde, quando Gabo já tinha escrito Cem Anos de Solidão, decide publicar a história completa em livro e assiná-la como o seu autor.
A história desta experiência incrível é maravilhosamente clara e nítida. Mostra em grande detalhe, mas sem desperdício de tinta, como realmente foram os eventos que levaram à morte sete marinheiros colombianos, e à fama, e, em seguida, ao esquecimento, o único sobrevivente, sem ter havido qualquer tempestade ou naufrágio. Neste livro não há nada mágico, é realismo puro. E dá o mesmo prazer.

Relato de um Náufrago

de Gabriel García Márquez

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722046534
Editor: Dom Quixote
Data de Lançamento: junho de 2011
Idioma: Português
Dimensões: 156 x 234 x 9 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 128
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722046534
e e e e e

real

sara diogo

A linguagem usada por Gabriel Garcia Marques transporta-nos para a ação e faz com que a leitura seja muito mais cativante ao "experimentarmos" todos as emoções e sensações que o protagonista sente.

e e e e e

Relato brilhante

Carina Gonçalves

Como sempre Gabriel Garcia Marquez não desilude. Um excelente contador de histórias e este livro é apenas mais um exemplo. Recomendo também para quem não conhece "amor em tempos de cólera" e claro "cem anos de solidão".

e e e e e

Leitura do Relato de um Naufrago

Bruna Gomes

Dos 4 livros até agora lidos de Gabriel Garcia Marquez (Cronica de uma morte anunciada, Os Funerais da Mamã Grande, O Aroma da goiaba, e Relato de um Naufrago) este foi o meu preferido. É uma história que nos prende, e nos faz viajar com ele. Como em todos os seus livros, cativante. Gostei bastante!

Gabriel García Márquez

PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1982

Escritor colombiano nascido a 6 de março de 1927 em Aracataca, um pequeno entreposto do comércio de bananas. Desde logo deixado ao cuidado dos seus avós, um coronel na reserva, ex-combatente na guerra civil, e uma apaixonada pelas tradições orais indígenas, estudou na austeridade de um colégio de jesuítas.
Terminando os seus estudos secundários, ingressou no curso de Direito da Universidade de Bogotá, mas não o chegou a concluir. Fascinado pela escrita, transferiu-se para a Universidade de Cartagena, onde recebeu preparação académica em Jornalismo. Publicou o seu primeiro conto, "La Hojarasca", em 1947. No ano seguinte, deu início a uma carreira como jornalista, colaborando com inúmeras publicações sul-americanas. No ano de 1954 foi especialmente enviado para Roma, como correspondente do jornal El Espectador mas, pouco tempo depois, o regime ditatorial colombiano encerrou a redação, o que contribuiu para que Márquez continuasse na Europa, sentindo-se mais seguro longe do seu país.
Em 1955 publicou o seu primeiro livro, uma coletânea de contos que já haviam aparecido em publicações periódicas, e que levou o título do mais famoso, "La Hojarasca". Passando despercebida pelo olhar da crítica, a obra inclui contos que lidam compassivamente com a realidade rural da Colômbia.
Em 1967 publicou a sua obra mais conhecida, o romance "Cien Años De Soledad" ("Cem Anos de Solidão"), romance que se tornou num marco considerável no estilo denominado como realismo mágico. Em "El Otoño Del Patriarca" (1977), Márquez conta a história de um patriarca, cuja notícia da morte origina uma autêntica luta de poder.
Uma outra obra tida entre as melhores do escritor é "Crónica De Una Muerte Anunciada" (1981, "Crónica de uma Morte Anunciada"), romance que descreve o assassinato de um homem em consequência da violação de um código de honra. Depois de "El Amor En Los Tiempos De Cólera" (1985, "Amor em Tempos de Cólera"), o autor publicou "El General En Su Laberinto" (1989), obra que conta a história da derradeira viagem de Simão Bolívar para jusante do Rio Magdalena. Em 2003, as Publicações D. Quixote editam, deste autor, "Viver para Contá-la", um volume de memórias de Gabriel García Márquez onde o autor descreve parte da sua vida.
Gabriel García Márquez foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura em 1982.
Morreu a 17 de abril de 2014, aos 87 anos, em sua casa na Cidade do México, ao lado da mulher Mercedes e dos seus dois filhos.

(ver mais)
O Gato de Uppsala

O Gato de Uppsala

20%
Sextante Editora (chancela)
12,40€ 15,50€
A Vida de Pi

A Vida de Pi

20%
Editorial Presença
14,32€ 17,90€