20% de desconto

O Tacão de Ferro

de Jack London; Tradução: Inês Dias

editor: Antígona, fevereiro de 2019
RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA i
EUA, início do século xx. Uma ditadura oligárquica - o Tacão de Ferro - ascende ao poder. Subjuga o país durante trezentos anos, esmagando dissidentes e fazendo dos tribunais, da imprensa e dos políticos os seus fantoches. Divide para reinar e controla toda a sociedade, condenando o povo à miséria. O Tacão de Ferro (1908), manuscrito da época, descoberto e anotado pelo historiador Anthony Meredith no século xxvii, é a crónica da sangrenta revolução das massas, do «povo do abismo», e da sua repressão implacável, escrita por Avis Everhard, mulher de um cabecilha da resistência.

Clássico da revolta e da insurreição, este livro visionário é uma das principais distopias políticas do século xx, e a imagem da poderosa bota que se abate sobre a humanidade, para a esmagar, ficaria indelevelmente gravada em 1984, de George Orwell.

«Uma notável profecia da ascensão do fascismo.»
George Orwell

O Tacão de Ferro

de Jack London; Tradução: Inês Dias

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726083313
Editor: Antígona
Data de Lançamento: fevereiro de 2019
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 211 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 312
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789726083313
e e e E E

Primeira distopia

Ana D.

Uma distopia que, diz-se, influenciou Orwell a criar "1984". Escrito logo no início do século XX, o autor foca-se nas alterações de sociedade e política, e menos na parte tecnológica. O tom é propagandista, o que pode afastar alguns leitores, no entanto é um livro demasiado importante para ficarmos presos nesse preconceito e não aproveitarmos para através da sua leitura fazer reflexões sobre o nosso passado e presente/futuro com a tendência crescente para o autoritarismo. A forma como está escrito é também muito interessante e certamente inovadora ou pelo menos pouco comum para a época, com a história a ser-nos contada através de personagens diferentes que vivem em épocas diferentes.

Jack London

A biografia de Jack London (1876-1916) é tão prodigiosa como a obra que nos legou e que o tornaria mundialmente famoso: narrativas do alto-mar (O Cruzeiro do Snark, 1911) e de paisagens nevadas (O Filho do Lobo, 1900), viagens ao lado negro da sociedade industrial (O Povo do Abismo, 1903), entre errantes sem eira nem beira (Vagabundos Cruzando a Noite, 1907), uma fértil correspondência e textos autobiográficos, como Memórias de Um Alcoólico – John Barleycorn (1913). Uma das figuras mais românticas do seu tempo, autodidata e orador eloquente, foi também um homem dos mil ofícios: operário fabril na Califórnia, garimpeiro no Klondike e correspondente de guerra no Japão. Socialista convicto, aliou a sede de aventuras à fome de justiça social, e a coragem individual à defesa da solidariedade entre os homens.

(ver mais)
O Povo do Abismo

O Povo do Abismo

10%
Antígona
16,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Presa Branca

Presa Branca

10%
Levoir
12,51€ 13,90€
Os Javaneses

Os Javaneses

10%
Antígona
7,50€ 10% CARTÃO
A Morte da Terra

A Morte da Terra

10%
Sistema Solar
13,00€ 10% CARTÃO