10% de desconto

O Povo do Abismo

de Jack London; Tradução: Ana Barradas

editor: Antígona, agosto de 2019
A 16 de Outubro de 1916 - um mês e seis dias antes da sua morte -, Jack London escrevia a um admirador curioso de conhecer os seus livros preferidos: «Creio ter posto o meu coração no Povo do Abismo mais do que em qualquer outro livro meu.» Publicado pela primeira vez em 1903, em Nova Iorque, O Povo do Abismo descreve com impiedosa sensi-bilidade as catacumbas urbanas de Londres no início do século xx - numa viagem fulgente ao reverso da civilização e do progresso, em que o au tor investe o seu próprio corpo deambulando disfarçado de vagabundo pelas zonas mais degradadas da cidade. As impressões que Jack London daí extrai, relatadas nesta obra incomparável, põem a nu os embustes da modernidade, que mais de cem anos depois continua a empurrar «inaptos e inúteis» para as profundezas e a legitimar a barbárie pelo voto democrático.

O Povo do Abismo

de Jack London; Tradução: Ana Barradas

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726083504
Editor: Antígona
Data de Lançamento: agosto de 2019
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 214 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 232
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Crónicas
EAN: 9789726083504
Jack London

A biografia de Jack London (1876-1916) é tão prodigiosa como a obra que nos legou e que o tornaria mundialmente famoso: narrativas do alto-mar (O Cruzeiro do Snark, 1911) e de paisagens nevadas (O Filho do Lobo, 1900), viagens ao lado negro da sociedade industrial (O Povo do Abismo, 1903), entre errantes sem eira nem beira (Vagabundos Cruzando a Noite, 1907), uma fértil correspondência e textos autobiográficos, como Memórias de Um Alcoólico – John Barleycorn (1913). Uma das figuras mais românticas do seu tempo, autodidata e orador eloquente, foi também um homem dos mil ofícios: operário fabril na Califórnia, garimpeiro no Klondike e correspondente de guerra no Japão. Socialista convicto, aliou a sede de aventuras à fome de justiça social, e a coragem individual à defesa da solidariedade entre os homens.

(ver mais)
Presa Branca

Presa Branca

10%
Levoir
12,51€ 13,90€
O Apelo Selvagem

O Apelo Selvagem

10%
Porto Editora
13,30€ 10% CARTÃO
Despachos

Despachos

10%
Antígona
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Ociosas Reflexões de um Ocioso

Ociosas Reflexões de um Ocioso

10%
Antígona
15,50€ 10% CARTÃO
portes grátis