O Primeiro Homem

de Albert Camus

editor: Livros do Brasil, outubro de 2003
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
A 4 de Janeiro de 1960, Albert Camus, prémio Nobel de Literatura, morria inesperadamente num acidente de viação. Entre os objectos pessoais que transportava consigo, é então encontrado um manuscrito inacabado com 144 páginas: O Primeiro Homem.

O texto carecia aqui e além de sinais de pontuação e havia abundantes notas à margem de cada folha. Para tornar o manuscrito publicável, Francine Camus, a filha do escritor, começou pois por dactilografá-lo. A presente edição tem assim simultaneamente como base o manuscrito original e o trabalho de Francine.

Estava previsto que O Primeiro Homem viesse a ser o volume inicial de uma trilogia, que nunca chegou no entanto a ser escrita devido à morte trágica de Camus. Mas a obra dá-nos algumas ideias sobre o que ele pretendia exprimir neste romance autobiográfico, onde sobretudo nos descreve, de forma por vezes muito comovente, a infância de Jacques Cormery, o seu alter-ego, na Argélia do princípio do século XX, e o regresso do mesmo personagem, quarenta anos volvidos, à sua terra de origem.

O Primeiro Homem

de Albert Camus

Propriedade Descrição
ISBN: 9789723826623
Editor: Livros do Brasil
Data de Lançamento: outubro de 2003
Idioma: Português
Dimensões: 110 x 185 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 256
Tipo de produto: Livro
Coleção: Miniatura
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789723826623
Albert Camus

Albert Camus nasceu em Mondovi, na Argélia, a 7 de novembro de 1913. Licenciado em Filosofia, participou na Resistência francesa durante a Segunda Guerra Mundial e foi então um dos fundadores do jornal de esquerda Combat. Em 1957 foi consagrado com o Prémio Nobel da Literatura pelo conjunto de uma obra que o afirmou como um dos grandes pensadores do século XX. Dos seus títulos ensaísticos destacam-se O Mito de Sísifo (1942) e O Homem Revoltado (1951); na ficção, são incontornáveis O Estrangeiro (1942), A Peste (1947) e A Queda (1956). A 4 de janeiro de 1960, Camus morreu num acidente de viação perto de Sens. Na sua mala levava inacabado o manuscrito de O Primeiro Homem, texto autobiográfico que viria a ser publicado em 1994.

(ver mais)
O estrangeiro

O estrangeiro

20%
Livros do Brasil
9,76€ 12,20€
O Mito de Sísifo

O Mito de Sísifo

10%
Livros do Brasil
15,50€ 10% CARTÃO