Memórias de Adriano

de Marguerite Yourcenar; Tradução: Maria Lamas

editor: Ulisseia, março de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para a Formação de Adultos, como sugestão de leitura.

Memórias de Adriano tem a forma de uma longa carta dirigida pelo velho imperador, já minado pela doença, ao jovem Marco Aurélio, que deve suceder-lhe no trono de Roma (século II d.C.). Pouco a pouco, através desta serena confissão ficamos a conhecer os episódios decisivos da vida deste homem notável. Vencedor do prémio Femina Varesco, este romance é seguramente um dos mais importantes de Marguerite Yourcenar e uma das obras de referência da literatura contemporânea.

« (…) alma terna e flutuante, companheira do meu corpo, de que foste hóspede, vais descer àqueles lugares pálidos, duros e nus onde terás que renunciar aos jogos de outrora. Contemplemos juntos, um instante ainda, as praias familiares, os objectos que certamente nunca mais veremos… Procuremos entrar na morte de olhos abertos…»

Memórias de Adriano

de Marguerite Yourcenar; Tradução: Maria Lamas

Propriedade Descrição
ISBN: 9789725686270
Editor: Ulisseia
Data de Lançamento: março de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 161 x 228 x 26 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 320
Tipo de produto: Livro
Coleção: Ficção
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789725686270
e e e e e

Comentário a "As Memórias de Adriano"

Maria de Jesus

Um livro escrito na 1ª pessoa, como se fosse o próprio Adriano o seu autor, em que, de forma romanceada, Marguerite Yourcenar relata a história da vida de Adriano, imperador de Roma. Muito bem escrito, ora intimista, ora biográfico, ora romance histórico, trata-se, sem dúvida, duma daquelas obras que é obrigatório ler.

e e e e e

Inesquecível!

Diogo

Este é, definitivamente, um dos grandes livros de sempre. Daqueles que nos prendem do princípio ao fim, e aí, nunca nos deixam. Esta edição de capa dura, belíssima e durável, é indispensável em qualquer biblioteca.

Marguerite Yourcenar

Pseudónimo da escritora francesa Marguerite de Crayencour (1903-1987), nascida em Bruxelas e que veio a naturalizar-se americana. As suas Mémoires d'Hadrien (Memórias de Adriano,1952) tornaram-na internacionalmente conhecida. Este sucesso seria confirmado com L'Öuvre au Noir (A Obra ao Negro, 1968), uma biografia imaginária de um herói do século XVI atraído pelo hermetismo e a ciência. Publicou ainda poemas, ensaios (Sous bénéfice d'inventaire, 1978) e memórias (Archives du Nord, 1977), manifestando uma atração pela Grécia e pelo misticismo oriental patente em trabalhos como Mishima ou la vision du vide (1981) e Comme l'eau qui coule (1982). Foi a primeira mulher de Letras a ser eleita para a Academia Francesa.

(ver mais)
A(braços) com a Distância

A(braços) com a Distância

10%
Edições Vieira da Silva
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Obra ao Negro

A Obra ao Negro

10%
Dom Quixote
18,80€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Tempo, Esse Grande Escultor

O Tempo, Esse Grande Escultor

10%
Relógio D'Água
17,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Guerra das Salamandras

A Guerra das Salamandras

10%
Publicações Europa-América
17,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Léxico Familiar

Léxico Familiar

10%
Relógio D'Água
16,00€ 10% CARTÃO
portes grátis