10% de desconto

Luta de Gigantes

de Camilo Castelo Branco

editor: Fronteira do Caos, julho de 2006
A história desenrola-se no século XVII, mais concretamente durante a Restauração da Independência nacional e escreve-nos "...a pugna entre dois inestimáveis ódios". Dois homens de duas famílias poderosas que desenvolvem uma inimizade e rancor que ultrapassam gerações. A sua contenda atinge as mais altas esferas do poder em Portugal. Um livro verdadeiramente notável capaz de nos cativar da primeira à última página, escrito por um doa mis distintos autores portugueses.

Luta de Gigantes

de Camilo Castelo Branco

Propriedade Descrição
ISBN: 9789899506343
Editor: Fronteira do Caos
Data de Lançamento: julho de 2006
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 224 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Tipo de produto: Livro
Coleção: Letras com História
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789899506343
e e e e E

Sim, é Camilo Castelo Branco

Paulo Marcelino

Desconhecia esta obra de Camilo Castelo Branco. Foi com prazer que desfrutei da sua leitura. Para quem gosta do estilo camiliano, ou para quem deseja conhecer escrita do "antigamente".

Camilo Castelo Branco

Nasceu em 1825, em Lisboa, e faleceu em 1890, em S. Miguel de Seide (Famalicão). Com uma breve passagem pelo curso de Medicina, estreia-se nas letras em 1845 e em 1851 publica o seu primeiro romance, Anátema. Em 1860, na sequência de um processo de adultério desencadeado pelo marido de Ana Plácido, com quem mantinha um relacionamento amoroso desde 1856, Camilo e Ana Plácido são presos, acabando absolvidos no ano seguinte por D. Pedro V. Entre 1862 e 1863, Camilo publica onze novelas e romances, atingindo uma notoriedade dificilmente igualável. Tornou-se o primeiro escritor profissional em Portugal, dotado de uma capacidade prodigiosa para efabular a partir da observação da sociedade, com inclinação para a intriga e análise passionais. Considerado o expoente do romantismo em Portugal, autor de obras centrais na história da literatura nacional, como Amor de Perdição, A Queda dum Anjo e Eusébio Macário, Camilo Castelo Branco, cego e impossibilitado de escrever, suicidou-se com um tiro de revólver a 1 de Junho de 1890.

(ver mais)
A Jóia do Vice-Rei

A Jóia do Vice-Rei

10%
Fronteira do Caos
9,00€ 10% CARTÃO
Amor de Perdição

Amor de Perdição

10%
Porto Editora
8,85€ 10% CARTÃO
Amor de Perdição

Amor de Perdição

10%
Porto Editora
7,75€ 10% CARTÃO
A Jóia do Vice-Rei

A Jóia do Vice-Rei

10%
Fronteira do Caos
9,00€ 10% CARTÃO
Memória de Céu e Inferno

Memória de Céu e Inferno

10%
Fronteira do Caos
16,00€ 10% CARTÃO
portes grátis