Dez Horas e Meia Numa Noite de Verão

Livro 1

de Marguerite Duras

editor: Difel, abril de 1994
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Hoje Marguerite Duras, de Moderato Cantabile e de A Dor, de O Vice-Cônsul ou de O Amante é possivelmente, o nome mais marcante e pessoal da literatura francesa. Já se disse de Duras que ela é a precisão da escrita — mas também se pode dizer que o seu trabalho de escrever transmite uma nitidez obsessiva, um desencanto mágico, talvez uma «dor branca», para nos situarmos no âmago de uma tarefa de comunicar através da palavra, que parece romper a espaços, da maneira mais magoada, a própria incomunicabilidade do destino humano.
Situado cronologicamente entre Moderato Cantabile e A Ausência de Lol V. Stein, Dez Horas e Meia numa Noite de Verão é o relato alucinado de um grupo de pessoas em viagem de férias pela Espanha. O que por aqui se passa, neste autêntico trabalho de angústia, desespero e solidão, é Duras do mais puro e acutilante, entre a agilidade e o rigor das observações, num plano literário verdadeiramente superior.
Um livro raro.

«Mais do que o acto de ler, é o acto de ver o que nestas páginas tão límpidas se impõe: há que ver e optar. O juízo não será nunca de quem escreve - e sim de quem, através das letras, observa um caso, mergulha numa situação.»
Diário de Lisboa

Dez Horas e Meia Numa Noite de Verão

de Marguerite Duras

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722900928
Editor: Difel
Data de Lançamento: abril de 1994
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 112
Tipo de produto: Livro
Coleção: Literatura Estrangeira
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722900928
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Marguerite Duras

Escritora, cineasta e dramaturga, Marguerite Duras (Marguerite Donnadieu) nasceu no Vietname em 1914 e morreu em 1996, em França. Foi uma das mais relevantes escritoras francesas da segunda metade do século XX. A sua obra, habitada por personagens em busca de amor até aos limites da loucura ou do crime, foi visceralmente marcada pela juventude passada na Indochina. Entre os seus muitos livros, como A Dor, Uma Barragem contra o Pacífico, Moderato Cantabile, para mencionar apenas alguns, o seu romance autobiográfico O Amante foi adaptado ao cinema. Marguerite Duras também assinou o argumento do filme Hiroshima, Meu Amor, levado à tela por Alain Resnais.

(ver mais)
Vozes de Chernobyl

Vozes de Chernobyl

10%
Elsinore
19,45€ 10% CARTÃO
portes grátis
Arranha-Céus

Arranha-Céus

10%
Elsinore
18,45€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Marinheiro de Gibraltar

O Marinheiro de Gibraltar

10%
Relógio D'Água
17,10€ 19,00€
portes grátis
Hiroshima, Meu Amor

Hiroshima, Meu Amor

10%
Quetzal Editores
14,94€ 16,60€
Nana

Nana

10%
Publicações Europa-América
22,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Obra ao Negro

A Obra ao Negro

10%
Dom Quixote
18,80€ 10% CARTÃO
portes grátis