10% de desconto

Cartas Reencontradas de Fernando Pessoa a Mário de Sá-Carneiro

de Pedro Eiras

Livro eBook
editor: Assírio & Alvim, março de 2016
Ficção, realidade? Na abertura deste livro, Pedro Eiras explica como descobriu, no antigo Hôtel de Nice, em Paris, as cartas que Fernando Pessoa enviou a Mário de Sá-Carneiro entre julho de 1915 e abril de 1916. Estas cartas reencontradas deixam entrever o quotidiano de Pessoa, os seus projectos, entusiasmos e dúvidas, cem anos depois de Orpheu.

Pedro Eiras nasceu em 1975. É Professor de Literatura Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Desde 2001, publicou diversas obras de ficção (Bach, A Cura, Os Três Desejos de Octávio C.), teatro (Bela Dona, Um Punhado de Terra, Uma Carta a Cassandra, Um Forte Cheiro a Maçã) e ensaio (Platão no Rolls-Royce, Os Ícones de Andrei, Tentações, Esquecer Fausto). Os seus livros têm sido publicados e as peças de teatro apresentadas em mais de dez países.

Selecionado nas listas de melhores livros de 2016 do jornal “Expresso”

Expresso

Cartas Reencontradas de Fernando Pessoa a Mário de Sá-Carneiro

de Pedro Eiras

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-37-1888-1
Editor: Assírio & Alvim
Data de Lançamento: março de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 205 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Tipo de produto: Livro
Coleção: A Phala
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Epístolas e Cartas Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
EAN: 978972371888111
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

Epístolas

Sofia Micalli

Depois de me ter rendido ao livro "Bach" do mesmo autor, li absolutamente encantada as Cartas de Fernando Pessoa a Mário de Sá-Carneiro. Esquecemo-nos que é Ficção? Acreditamos que é realidade? Foram encontradas as cartas que se perderam? Pedro Eiras tem um lugar especial na Literatura Portuguesa, e nas minhas estantes...

e e e e e

Simplesmente fascinante...

João Santos

Comprei este livro por vários motivos: um deles é porque sou amante incondicional da poesia de Pessoa e Sá-Carneiro; outro, porque o autor deste livro foi meu professor de Literatura na faculdade. O fascínio que tinha nas suas aulas, ao abordarmos o Modernismo Português, estendeu-se também às páginas deste livro. Recomendo (mesmo!) !

Pedro Eiras

Pedro Eiras nasceu no Porto em 1975. Desde 2001, publicou obras de ficção (Bach, Cartas Reencontradas de Fernando Pessoa, A Cura), teatro (Um Forte Cheiro a Maçã, Uma Carta a Cassandra, Um Punhado de Terra, Bela Dona), ensaio (Esquecer Fausto, Tentações, Os Ícones de Andrei, Constelações, Platão no Rolls-Royce) e poesia (Inferno, Purgatório, Paraíso). Publicou vários livros em França, na Roménia, no Brasil. As suas peças de teatro foram encenadas e lidas em dez países. É Professor de Literatura Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

(ver mais)
A Paixão

A Paixão

10%
Assírio & Alvim
14,40€ 10% CARTÃO
Bach

Bach

10%
Assírio & Alvim
14,40€ 10% CARTÃO
Bach

Bach

10%
Assírio & Alvim
14,40€ 10% CARTÃO
Inferno

Inferno

10%
Assírio & Alvim
14,40€ 10% CARTÃO
Feliz pela Infelicidade

Feliz pela Infelicidade

10%
Padrões Culturais
5,60€ 10% CARTÃO
Verso e Prosa

Verso e Prosa

10%
Assírio & Alvim
28,85€ 10% CARTÃO
portes grátis