As Mãos Sujas

Livro 1

de Jean-Paul Sartre

editor: Publicações Europa-América
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
A filosofia de Sartre, tão discutida, pode ser definida como uma filosofia da liberdade e da responsabilidade. Ao homem compete inventar a própria vida e o próprio destino e escolher a própria liberdade e construir o seu valor. Esta filosofia é designada sob o nome genérico de "existencialismo" e revela-se, sobretudo, nos volumes L' être et le Néant, Situations e Critique de la Raison Dialectique. Em 1964, Sartre foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, que recusou. As Mãos Sujas, a sua peça mais célebre, nasce da oposição política de um realista e de um idealista. Um chefe revolucionário colabora com os seus adversários; uma facção do seu próprio partido considera essa táctica inoportuna e encarrega um jovem idealista de o assassinar. Este livro reflecte principalmente as ideias de Sartre sobre o problema da liberdade.

As Mãos Sujas

de Jean-Paul Sartre

ISBN: 9789721013797
Editor: Publicações Europa-América
Idioma: Português
Dimensões: 114 x 173 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Tipo de produto: Livro
Coleção: Livros de Bolso / Europa América
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 5601072405257
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Jean-Paul Sartre

Jean-Paul Sartre nasceu em Paris a 21 de junho de 1905. Em 1924 ingressou na École Normale Supérieure, onde despertou o seu interesse pela filosofia e conheceu aquela que viria a tornar-se a sua companheira de vida, Simone de Beauvoir. Em 1938 publicou o seu primeiro romance, A Náusea, texto centrado no tema do absurdo da existência que não só alcançou imediato êxito literário como desde logo anunciou Sartre como um dos expoentes do pensamento filosófico francês do século xx. Desdobrando a sua atividade literária pelos mais diversos géneros, destacam-se da sua obra os ensaios O Ser e o Nada e Crítica da Razão Dialética, peças de teatro como As Moscas e As Mãos Sujas ou a autobiografia As Palavras. Em 1964 foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, que recusou como protesto contra os valores da sociedade burguesa. Morreu a 15 de abril de 1980, em Paris.

(ver mais)
Publicações Europa-América
5,90€ 10% CARTÃO
Publicações Europa-América
8,50€ 10% CARTÃO
Livros do Brasil
14,94€ 16,60€
portes grátis
Editora Minotauro
14,90€ 10% CARTÃO
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO