Um Dia

Duas pessoas. Vinte anos. Um dia.

de David Nicholls; Tradução: Ana Baer

editor: Livraria Civilização Editora, julho de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Podemos viver toda uma vida sem nos apercebermos de que aquilo que procuramos está mesmo à nossa frente.
15 de Julho de 1988. Emma e Dexter conhecem-se na noite em que acabam o curso. No dia seguinte, terão de seguir caminhos diferentes. Onde estarão daqui a um ano? E no ano depois desse? E em todos os anos que se seguirão? Vinte anos, duas pessoas, um DIA.

“Grandioso, cativante, inteligente e de leitura extraordinariamente cativante…”
Nick Hornby

“Um livro simplesmente maravilhoso: inteligente, divertido, perspicaz, comovente, muitas vezes, insuportavelmente triste”.
The Times

“Este ano, terá dificuldade em encontrar uma comédia romântica tão acutilante e, ao mesmo tempo, tão delicada.”
The Independent

“Destinado a ser um clássico moderno.”
DailyMirror

“É raro encontrar um romance que aborde o passado recente de forma tão competente… É difícil encontrar personagens tão bem construídas como estas e não reconhecer o talento do escritor que as criou.”
The Guardian

Um Dia

Duas pessoas. Vinte anos. Um dia.

de David Nicholls; Tradução: Ana Baer

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722631792
Editor: Livraria Civilização Editora
Data de Lançamento: julho de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 158 x 242 x 31 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 456
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722631792
e e e e e

Um dia na vida de cada um de nós

APaulo

Fantástica a forma como um dia pode mudar uma vida! E de como a vida deve ser aproveitada! O autor consegue entreter com as peripécias dos jovens, adultos jovens, e adultos maduros de uma forma deliciosa!

e E E E E

Desilusão

JReis

O livro não me cativou nem no princípio, nem no meio, nem no fim. A escrita é aborrecida e a história idem.

e e e e e

Ainda existe romance...

Nuno Fernandes

Comprei este livro após recomendação de uma amiga, apesar de não ser o meu género preferido. Excelente livro. Leitura cativante. Um romance a não perder que nos agarra desde as primeiras páginas... e com um final surpreendente. Adorei :-)

e e e e e

Um clássico dos tempos modernos

Patrícia

A qualidade deste livro é algo inexplicável. As páginas quase se viram sozinhas tal é a ânsia de ler só mais um pouco. O formato é original, interessante e cativante, passando-se a história sempre no dia 16 de Julho, ano após ano, mostrando-nos o crescimento das personangens e dando-nos apenas um indício do que foi acontecendo nos intervalos. Muito recomendado.

e e e e e

Óptimo

Rita Tavares

Adorei. Não consegui parar de lê-lo. A história é maravilhosa e a escrita é fácil.

e e e e e

O romantismo na escrita

João Mendonça

Ao ler este livro de David Nichols vesti-me na pele de um adolescente com os sonhos que o ele carrega. Foi o renascer de um sonho, de uma luta por uma vida a dois, com todas as angústias e alegrias que se vivem intensamente.

e e e e E

Cativante e viciante

Cuca M. C.

O título e a sinopse foram o que captou a minha atenção e me fez comprar o livro. Não me arrependi, viciei-me no livro e as personagens fizeram parte dos meus dias enquanto não o acabei. É actual, espontâneo, revi-me a mim e aos meus amigos nele, podia ser a história do nosso vizinho do lado. Gostei muito e o final é arrebatador.

e e e e e

Bom livro...

Rita Ramos

...com uma boa história embora nada de extraordinário, no entanto é uma boa leitura, com uma escrita fácil que prende até à última página. Aconselho.

e e e E E

-

Jéssica R.

Comprei o livro por causa do título, essencialmente. Contudo, o livro não se revelou o que eu esperava. Não achei que fosse uma leitura viciante, mas com o passar das páginas é impossível não nos viciarmos nas personagens. Personagens fortes, marcantes e que poderíamos ser nós mesmos. Outro aspeto interessante é a capacidade de fazer rir, dei por mim a rir para o livro. É espontâneo. O final é totalmente inesperado e, realmente, o livro acaba por valer muito a pena.

e e e e e

Um óptimo momento

Vitória Fragoso Matos

Já li este livro a algum tempo e amei. Chorei um pouco e voltei a chorar. Uma escrita maravilhosa, uma história com que me identifico bastante.

e e e e e

Mais do que maravilhoso

Ladybug

Já li este livro há uns aninhos, mas decidi escrever sobre ele agora. Na verdade foi um dos livros que mais me marcou, e estou prestes a relê-lo. Foi um livro que desde o primeiro momento em que o vi captou a minha atenção, e não me desiludi ao lê-lo. Lembro-me bem… ainda estava eu na faculdade, e levava-o para todo o lado; lia no metro, no bar antes do início das aulas quando eu era das poucas pessoas ainda na escola, no autocarro de volta a casa, enquanto cozinhava e esperava que a comida ficasse pronta… Um romance que me tocou de tal forma que quando o livro terminou fiquei com pena de ter de acabar de o ler, de ter de me separar dele e das suas personagens. Nem sempre tem passagens que nos fazem rir; mas um bom livro é aquele que consegue mexer com as nossas emoções, e este sem dúvida que conseguiu mexer com as minhas. Este livro, na altura, deixou-se sem comentários, quando terminei de o ler. Adorei, mesmo muito. As personagens principal, Emma e Dexter, estão tão bem caracterizadas e são de uma profundidade que se tornaram reais na minha cabeça. O final também não é o que eu esperava, o que torna o livro ainda mais especial, por não se prender àquilo que as pessoas gostariam que acontecesse ou à opção mais simples, ou mais romântica. Lembro-me de pensar que há muito tempo um livro não me tocava tanto assim, principalmente com um final como este. E a escrita de David Nichols é simplesmente maravilhosa; para mim um dos melhores escritores que já li, conseguindo entrar em nós, mexer com os nossos sentimentos e emoções, e dar vida às personagens como poucos conseguem.

e e e e e

Nas esperanças de uma boa leitura

Emanuel Augusto Sousa Cunha

Ainda não o comecei a ler devido à panóplia de livros que tenho para ler mas prevejo uma boa leitura. Parece ser interessante a captou minimamente a minha atenção. Prometo deixar aqui a minha opinião depois de ter terminado a sua leitura.

David Nicholls

David Nicholls é autor de vários bestsellers, entre eles Nós e Um Dia. Os seus romances venderam mais de oito milhões de exemplares em todo o mundo e estão publicados em quarenta línguas.
É autor de argumentos para cinema e televisão galardoado com vários prémios. Ganhou recentemente um BAFTA por Patrick Melrose, uma adaptação dos romances de Edward St. Aubyn, que lhe valeu também a nomeação para um Emmy.
O romance Um Dia venceu o Galaxy Book of the Year Award em 2010. Nós, o seu quarto romance, fez parte da lista de candidatos ao Man Booker Prize for Fiction em 2014. Nesse mesmo ano, foi nomeado Author of the Year no National Book Awards.

(ver mais)
Um Dia

Um Dia

10%
Editorial Presença
21,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Uma Dor Tão Doce

Uma Dor Tão Doce

10%
Editorial Presença
22,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Mais Um Dia

Mais Um Dia

10%
TopSeller
18,79€ 10% CARTÃO
portes grátis
Os aromas do amor

Os aromas do amor

10%
Porto Editora
18,85€ 10% CARTÃO
portes grátis