Teatro Textos Publicados e Inéditos

de Alves Redol

editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Este volume, dedicado à criação dramática de Alves Redol (1911-1969), reúne, pela primeira vez, as suas quatro peças publicadas (Maria Emília — 1945, 1966; Forja — 1948, 1966; O Destino Morreu de Repente — 1967, e Fronteira Fechada — 1972), algumas das quais têm sido representadas com regularidade, a que acresce a apresentação de seis inéditos encontrados no espólio do escritor e em acervos documentais. Destes inéditos, três chegaram a ter montagens cénicas na década de 50, acompanhadas pelo próprio dramaturgo, e um foi expressamente fixado para esta colectânea, a partir de partes dispersas no mesmo núcleo do espólio. Numa parte autónoma desta obra, são também incluídos os prefácios, da autoria do dramaturgo, que integraram as edições (ou reedições) das suas peças, a partir dos anos 60. Alves Redol é autor de uma vasta obra publicada, que privilegia o romance e a novela, mas também o estudo etnográfico e o ensaio. É considerado um dos expoentes do Neo-Realismo português, movimento político-cultural que emergiu em meados da década de 30 do século xx, ideologicamente influenciado por pensadores da esfera marxista e socialmente empenhado no combate à ditadura salazarista.

O teatro de Alves Redol, revelador de uma personalidade intelectualmente comprometida com o «novo humanismo» e inconformada com determinismos formais, não se cingiu à matriz naturalista nem se vinculou ao Realismo Socialista, a que mais comummente é referido. O seu teatro evidencia, antes, o profundo conhecimento e a — tardiamente assumida — influência de alguns dos mais relevantes criadores e vanguardas do teatro universal, capazes de surpreender quem ainda julga que a ficção neo-realista e a criação dramática redoliana, em particular, se confinam ao imediatismo da «mensagem».

Teatro Textos Publicados e Inéditos

de Alves Redol

ISBN: 9789722720410
Editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 239 x 31 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 552
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biblioteca de Autores Portugueses
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Artes de Palco Livros em Português > Literatura > Teatro (Obra)
EAN: 9789722720410
Alves Redol

António Alves Redo, Nasceu a 29 de Dezembro de 1911, em Vila FRanca de Xira e faleceu a 29 de Novembro de 1969, em Lisboa.
Romancista e dramaturgo, filho de um pequeno comerciante ribatejano, obteve um curso comercial, conheceu em Angola a pobreza e o desemprego e desenvolveu em Lisboa várias actividades profissionais. Militante do partido comunista e empenhado na luta de resistência ao regime salazarista, compreendeu a literatura como forma de intervenção social, sendo um dos seus primeiros romances, Gaibéus , considerado um dos textos literários fundadores da narrativa neo-realista. Ao longo de uma longa e coerente produção literária, Alves Redol trouxe para o romance personagens, temas e situações, ignorados pela literatura, postura que lhe valeu, simultaneamente, o êxito junto de um grande público e o ataque impiedoso da crítica, que apontava como deficiências de escrita a linguagem simples da sua prosa e o esquematismo das tramas romanescas. Acusações que pareciam corroboradas pela despretensão e modéstia literárias manifestadas pelo autor nas epígrafes das suas obras, como sucede em Gaibéus , precedido do aviso de que "Este romance não pretende ficar na literatura como obra de arte. Quer ser, antes de tudo, um documentário humano fixado no Ribatejo. Depois disso, será o que os outros entenderem". No prefácio a Barranco de Cegos (Lisboa, 1970), Mário Dionísio compara o destino da obra de Redol ao dos romances de Zola, que ao escolher temas malditos, como o operariado e os conflitos sociais, recebeu durante anos a aversão dos críticos, até ser redescoberto em leituras inovadoras que revelaram a estrutura épica dos seus romances e a reformulação de mitos contemporâneos nessa prosa chocante, intensa, por momentos quase surrealista.

(ver mais)
20%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
6,80€ 8,50€
portes grátis
20%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
20,19€ 25,24€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
5,20€ 6,50€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
8,40€ 10,50€
portes grátis
20%
Acontecimento
13,73€ 17,16€
portes grátis
20%
Letras e Coisas
4,00€ 5,00€
portes grátis