30% de desconto

Os Anagramas de Varsóvia

de Richard Zimler

Livro eBook
editor: Porto Editora, setembro de 2015
FEIRA DO LIVRO - VER MAIS LIVROS EM PROMOÇÃO i
Polónia, ano de 1940. Os nazis isolam milhares de judeus num pequeno gueto em Varsóvia. Erik Cohen, um velho psiquiatra judeu, vê-se obrigado a partilhar um pequeno apartamento com a sobrinha e o adorado sobrinho-neto de nove anos, Adam.
Certo dia, porém, Adam desaparece e o seu corpo, estranhamente mutilado, só é encontrado na manhã seguinte, no arame farpado sobre o muro que rodeia o gueto. Quando um segundo cadáver aparece em circunstâncias muito similares - desta vez o de uma rapariga judia -, Erik e o seu velho amigo Izzy tentam obter respostas, lançando-se numa investigação tão sinistra quanto perigosa.
O mistério adensa-se e as dúvidas também. Serão os próprios nazis responsáveis por aquelas mortes ou estará um traidor judeu envolvido nos crimes?
Neste thriller histórico, comovente e arrepiante, Richard Zimler conduz o leitor aos recantos mais sombrios de Varsóvia, num périplo pela própria alma humana.

«Zimler assume o compromisso moral de reconhecer e ressuscitar todos aqueles que pereceram na voragem do Holocausto […] utilizando uma sabedoria milenar para refazer, através da palavra, aquilo que foi destruído. Insufla o sopro vital em cada partícula de pó dos mortos, restitui-lhes a voz e a essência e reconstrói os lugares onde deixaram a sua marca. É como se cumprisse a profecia de Isaías.»

Helena Vasconcelos, Público

«[…] uma narrativa cirurgicamente explorada, uma história que nos puxa para dentro das páginas e no final nos cospe com violência. […] Uma vez mais, brilhante.»

Sol

«Neste romance admirável em que faz uso da sua extraordinária erudição, Richard Zimler continua a refletir sobre a natureza da identidade em geral e da judaica em particular.»

José Riço Direitinho, Ler

«A insistência na Humanidade de gente a quem se nega qualquer resquício de humanidade é o que mais comove e agarra neste […] trabalho, que é também um exercício de memória judaica.»

Ana Cristina Leonardo, Expresso

«Os Anagramas de Varsóvia é um livro de mistério trepidante, em que Zimler nos obriga a enfrentar o pior da alma humana, ao mesmo tempo que presta homenagem a todos os que morreram durante o Holocausto.»

The Independent

«Empolgante, doloroso, inspirador e inteligente, este mistério, passado no mais abominável gueto judeu da Segunda Guerra Mundial, merece um lugar de destaque entre as mais importantes obras escritas sobre o Holocausto.»

San Francisco Chronicle

Os Anagramas de Varsóvia

de Richard Zimler

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-0-04728-1
Editor: Porto Editora
Data de Lançamento: setembro de 2015
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller
EAN: 978972004728114
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

Adorei

4_epul

Li todos os livros e adorei todos eles. Parabéns por mais um livro tão bom.

e e e e e

Os Anagramas de Varsóvia

Rui Pinto

Uma obra a ganhar um lugar entre o melhor que se tem escrito sobre o Holocausto. Zimler não costuma decepcionar os seus leitores e, mais uma vez, o provou nesta obra que é de uma originalidade admirável. É brilhante a forma como nos retrata um período da história mundial que nunca deveria ter acontecido. Ressuscitando os mortos, o autor dá-nos uma visão exata do que foram esses anos. Um comentário especial para a capa do livro: “de uma ternura sem limites”. Recomendo naturalmente a leitura.

e e e e e

Envolvente

Paula Rodrigues

Um livro que se destaca pelo pormenor. As descrições são feitas com atenção detalhada a cada acontecimento. É graças a isto que sentimos uma grande envolvência enquanto lemos este livro, como se estivéssemos lá, naquela situação, com todas as personagens. Sem dúvida que recomendo!

e e e e e

Gostei muito.

Ana

A história é fantástica e original até ao fim, originando uma leitura compulsiva. As personagens estão muito bem construídas e a história consegue relembrar o Holocausto e homenagear as suas vítimas, sem entrar nos clichés habituais.

e e e e e

Uma leitura fascinante

Mari

Comecei a ler esta obra e está a ser fascinante a nível histórico, de uma realidade que não pode nem deve ser esquecida! As personagens são carregadas de uma grande intensidade. Estou viciada e curiosa! Recomendo a leitura desta obra, nunca tinha lido nada deste autor e estou a adorar!

e e e e e

Magistral

LMFH

Uma narrativa nua e crua que nos retrata a realidade vivida pelo povo judeu durante a 2.ª Guerra Mundial. A escrita sublime de Richard Zimler nunca desilude, mas neste livro atingiu outro limiar.

e e e e E

Atrocidades do passado

fribeiro

História marcante, episódios macrábos, como alguém pode desumanizar outro, tão igual a si

e e e E E

!!

JP

Talvez por já ter lido bem melhor deste escritor este livro não me entusiamou muito. Obviamente é interessante, bem escrito, em que consegue transmitir as dificuldades daquelas vidas mas em que persiste sempre alguma forma de sonhar. Talvez pelo espaço fisico se restingir ao gueto tenha enclausurado a imaginação na escrita do Zimler.

e e e e e

fantástico!

Celine Campos

Um testemunho de uma vivência inimaginável. Palavras que nos tocam o coração e marcam a vida.

e e e e E

Emocionante

Carla

Este livro mostra-nos a realidade do gueto de Varsóvia e das atrocidades que os judeus sofreram durante a Segunda Guerra Mundial. Muito descritivo e informativo.

e e e e E

Arrepiante

José Guatuso (anagrama de Augusto) Iguanero (anagrama de Nogueira) Pinto

Ao escrever este comentário, ocorreu-me uma passagem do livro que ilustra a minha opinião sobre o que fui lendo, página a página, num excelente triller histórico muito bem narrado, passado num gueto em Varsóvia em 1940: “Se eu for ao cabaré no sábado, e passar o domingo a mandar o Herr Hitler à merda, ninguém tem nada a ver com isso….”.

e e e e e

A nao perder...

Igor alberto oliveira

Tendo como pano de fundo o gueto de Varsóvia, o autor consegue desenvolver a história de forma magistral, prendendo o leitor, intensamente, a medida em que se vao percebendo os promenores, num verdadeiro policial, ao mesmo tempo arrebatador e perturbante, passado num dos periodos mais negros da história da humanidade. Livro marcante!

e e e e e

Brilhante

Sónia Santana

Dos melhores livros dos últimos tempos. Vive-se do princípio ao fim, com o coração nas mãos...

Richard Zimler

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou doze romances, uma coletânea de contos e sete livros para crianças.
A sua obra encontra-se traduzida para 23 línguas.
Para mais informações sobre o autor, visite o site www.zimler.com

(ver mais)
A aldeia das almas desaparecidas II

A aldeia das almas desaparecidas II

10%
Porto Editora
19,98€ 22,20€
portes grátis
O Último Cabalista de Lisboa

O Último Cabalista de Lisboa

30%
Porto Editora
14,20€ 20% + 10% CARTÃO
O Manuscrito

O Manuscrito

10%
Bertrand Editora
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
Perguntem a Sarah Gross

Perguntem a Sarah Gross

10%
Dom Quixote
19,90€ 10% CARTÃO
portes grátis