30% de desconto

A Sentinela

de Richard Zimler

Livro eBook
editor: Porto Editora
Até que ponto um único assassinato pode iluminar a crise moral em que se encontra o país?

6 de julho de 2012. Henrique Monroe, inspetor-chefe da Polícia Judiciária, é chamado a um luxuoso palacete de Lisboa para investigar o homicídio de Pedro Coutinho, um abastado construtor civil.

Depois de interrogar a filha da vítima, Monroe começa a acreditar que Coutinho foi assassinado ao tentar defender a perturbada adolescente do violento assédio sexual de algum amigo da família. Ao mesmo tempo, uma pen que o inspetor descobre escondida na biblioteca da casa contém alguns ficheiros com indícios de que a vítima poderá também ter sido silenciada por um dos políticos implicados na rede de corrupção que o industrial montara para conseguir os seus contratos.

Tendo como pano de fundo o Portugal contemporâneo, um país traído por uma elite política corrupta, que sofre sob o peso dos seus próprios erros históricos, Richard Zimler criou um intrigante policial psicológico, com uma figura central que se debate com os seus demónios pessoais ao mesmo tempo que tenta deslindar um caso que irá abalar para sempre os muros da sua própria identidade.

"Richard Zimler volta a revelar, no contexto deste país desolador, a sua compaixão por todos os que não têm hipótese de se fazer ouvir e estão expostos à dureza e à violência dos mais fortes."

Público

"Estamos na presença do seu melhor romance: bem construído, com diálogos verosímeis, enredando os factos numa fina teia de psicologismo. Chapeau! "

Sábado

«Richard Zimler tem um fulgor de génio que todos os romancistas ambicionam mas poucos alcançam.»

The Independent

«Zimler usa a literatura para lembrar as terríveis abominações que levam o ser humano a destruir e a humilhar outros seres humanos […] e para apontar um caminho de redenção, de expiação e de ação jubilatória.»

Público

«Richard Zimler é um romancista de uma erudição extraordinária.»

The Literary Review

«Richard Zimler é um escritor emblemático e de indispensável leitura.»

Helena Vasconcelos

«O dom que Zimler possui de pôr a descoberto o horror das injustiças humanas e ainda assim encontrar verdades universais e poesia na existência do dia a dia […] faz dos seus livros uma leitura indispensável»

The Jerusalem Post

A Sentinela

de Richard Zimler

ISBN: 978-972-0-04490-7
Editor: Porto Editora
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 424
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller
EAN: 978972004490718
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

" A Sentinela"

Maria Macieira

Richard zimler na sua obra "A sentinela", aborda assuntos da atualidade portuguesa. Um país em crise onde a corrupção, a pedofilia e o estupro envolve aqueles que detém o poder e o dinheiro. Perante um país empobrecido por medidas que apenas protegem políticos corruptos a justiça é implorada mas tarda num entardecer triste em que se luta para continuar a ter esperança. "A Sentinela" é a guardiã da esperança e da vontade de justiça.

e e e e E

Muito bom!

JP

Quando o primeiro livro que se lê de um escritor deixa a semente do desejo de ler a sua obra não é preciso justificar a sua avaliação!

e e e e E

Muito Bom

Luís Henriques

Já tinha ouvido falar Richard Zimler, mas nunca tinha lido nenhum livro da sua autoria. Resolvi começar pelo livro : " A Sentinela" e recomendo vivamente, porque tem um estilo de narrativa que prende o leitor da primeira à última página. Tenciono continuar a ler mais livros deste autor.

e e e e E

Intrigante

José Augusto Nogueira Pinto

Totalmente diferente dos últimos que li, “Ultimo Cabalista de Lisboa” e “Sétima Porta”, mas muito bem conseguido este policial. Nesta história intrigante, também de amor e drama, passada em Portugal em 2012, o Autor consegue dar vida ao personagem “G” debatendo-se com a sua própria identidade. Mas conseguirá desvendar o homicídio de Pedro Coutinho? A não perder…

e e e e e

Surpreendente

ana lisa

Foi o meu primeiro livro de Zimler. Não sabia o que iria encontrar, mas fiquei rendida da primeira à última página. Um policial diferente com uma história do narrador que nos prende ainda mais do que a investigação em si. Devorei-o com ânsia de saber o desfecho. Recomendo.

e e e e e

Põe-nos de Sentinela!

Helena Fernandes

Da primeira à última página, tal como em outros livros de Zimler, consegue prender o leitor, pondo-o de sentinela, a querer ler as póxima palavra, próxima linha, próxima página. Para mim talvez o melhor não só pelo tema pouco vulgar mas que se torna numa história fascinante para ler avidamente. Recomendo.

e e e e E

Gostei!

Filipa

Foi o primeiro livro que li de Richard Zimler e gostei bastante. Talvez não tenha ficado tão impressionada como esperaria, tal eram as expectativas após leitura de diversos comentários e avaliações a este livro. Mas isso não quer dizer que não tenha gostado muito. Só não foi um 5*. É um livro que bem retrata Portugal em diversos aspectos, nomeadamente a impotência da justiça, a corrupção e a imoralidade de uma sociedade em que os valores há muito foram pervertidos. A Sentinela não é um policial comum.

e e e e E

Zimler é para ler sempre

Rita Oliveira

Eu sou sempre suspeita quando escrevo sobre Richard Zimler, porque sou sua fã desde o primeiro livro, O último cabalista de Lisboa. Por isso, já podem perceber que só vou dizer bem. Para começar, este livro é um policial que começa com o assassínio de um homem influente em Lisboa. E prossegue com a investigação sobre o sucedido. Mas é muito, muito mais do que isso. É também o regresso à infância do detetive que segue o caso, uma infância passada na América do Norte profunda atormentada pelos pais que teve e que o ligou ao irmão com laços muito fortes. E é de novo o regresso à investigação. E à descoberta de que há pessoas muito, muito más, mas que também há outras muito, muito boas. Mesmo que só existam na nossa imaginação. Este não é o Zimler dos romances históricos. Mas é pelo menos tão bom quanto esses.

e e e e e

O surpreendente Richard Zimler!

Eduarda Andrade

Nunca tinha lido nada de Zimler. Comprei "A sentinela" e fiquei maravilhada. Logo à entrada uma história incrível de um homicídio impensável. Descobre-se Monroe e começa a sentir-se uma simpatia imediata por ele. A densidade psicológica das personagens e os contornos da ação são apaixonantes e incansáveis. Vou continuar a comparar Richard Zimler!!

e e e e e

uma agradável surpresa

Rita Pires

Para mim foi o 1º livro do autor e achei o livro muito envolvente.

e e e e e

uma excelente história sobre crimes cometidos sobre crianças

Maria da Luz Caniço Marques Sousa

um Autor que desconhecia, mas de quem fiquei fã, uma história que nos prende até final, excelente narrativa que nos leva a puxar pela imaginação, muito bom

e e e e e

Surpreendente

Helena Machado

Foi a primeira obra que li deste autor. Achei o livro fascinante. Como é possível que cada um de nós seja uma caixinha de surpresas... Neste caso há uma infância dramática que o autor faz saltar para os dias de hoje. Absorvi a história num ápice.

e e e e e

A Sentinela - Richard Zimler

Bruno Cardoso

Este livro é mais uma prova da genialidade deste romancista. Fascinante do início até ao fim.

e e e e e

Obrigado

Fátima Oliveira 1-11-2013

Como todos os livros de Richard Zimler, fantástico, apaixonante do início ao fim. Muito obrigado

e e e e e

O meu agradecimento ao autor

Elsa Martins

Face à sordidez em que vivemos, todos os contributos são importantes para denunciar e nos levar a refletir sobre os políticos corruptos que nós permitimos que liderem os nossos destinos. Mas este é um contributo especial, é o contributo de um escritor de excepção, que aqui cria uma personagem que está mesmo a pedir voltar a sair cá para fora e experimentar outras aventuras, num outro livro... A questão dos abusos, de que muitas crianças são vítimas, faz com que este livro não seja facilmente esquecido.

Richard Zimler

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou doze romances, uma coletânea de contos e seis livros para crianças.
A sua obra encontra-se traduzida para 23 línguas.
Para mais informações sobre o autor, visite o site www.zimler.com

(ver mais)
Porto Editora
19,98€ 22,20€
portes grátis
Porto Editora
10,98€ 12,20€
Porto Editora
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
20%
Dom Quixote
19,71€ 10% + 10% CARTÃO
portes grátis