O Ser e O Nada

Ensaio de Ontologia Fenomenológica

de Jean-Paul Sartre

idioma: português do brasil, português
editor: Editora Vozes, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Uma das obras fundamentais de Jean-Paul Sartre, O Ser e O Nada (L'Être et Le Néant), está agora disponível entre nós, numa edição na nossa língua com chancela brasileira (Editora Vozes, Tradução de Paulo Perdigão), o que permite que novas camadas de leitores portugueses tenham acesso a este ensaio filosófico datado de 1943.
Lançada em 1997 no Brasil, a tradução de O Ser e O Nada vai na 13ª edição, o que atesta a boa recepção deste livro de Sartre, mais de meio século após a sua edição original. Uma recepção que não espanta, já que O Ser e O Nada foi até agora traduzido em 28 idiomas, sendo objecto de análises as mais diversas e dando origem e dando origem a mais de quatro mil outros livros que, de uma ou outra forma, o comentam e glosam.
Ao surgir, numa Europa em guerra e com a França ocupada pelos nazis alemães, O Ser e O Nada despertou espanto e polémica, sendo de imediato idolatrado e renegado. Sartre afirmou então que estudara a existência por um prisma inteiramente novo, muito embora O Ser e O Nada constitua uma síntese da obra filosófica por ele publicada até então (A Imaginação, Esboço de Uma Teoria das Emoções e O Imaginário). Uma obra muito marcada pela fenomenologia de Edmund Husserl e a ontologia de Martin Heidegger.
Simone de Beauvoir, a quem o livro é dedicado, disse na altura que Sartre «quis falar das coisas como as tocava e que isso fosse Filosofia». Sartre, enquanto escrevia O Ser e O Nada, dava aulas no Liceu Condorcet em Paris e concluía o romance Le Sursis (1º volume dos três que constituem Os Caminhos da Liberdade) e a peça Les Mouches. Em algumas passagens de O Ser e O Nada refez análises de um ensaio de psicologia, La Psyché, que deixou inacabado, para, 17 anos depois (em 1960), voltar a escrever um volumoso ensaio filosófico que intitulou Crítica da Razão Dialéctica. Aí, sem nunca renegar O Ser e O Nada, entrava em diálogo com o marxismo e conduzia a sua filosofia existencial ao engagement político.
Sartre (cujo centenário este ano se comemora), através de um exame detalhado da realidade humana, desenvolve um prodigioso e completo sistema de «explicação total do mundo». Após uma introdução, intitulada Em busca do ser, o livro subdivide-se em seis capítulos (referentes ao conceito de fenómeno, ao cogito e ao ser) e em quatro partes. A primeira aborda o problema do nada, a má-fé e a conduta; a segunda o ser-para-si, suas estruturas, temporalidade e transcendência; a terceira o «para-outro», o corpo e as relações concretas com ele, e a quarta está relacionada com o ter, fazer e ser, liberdade, responsabilidade, psicanálise existencial e posse.

O Ser e O Nada

Ensaio de Ontologia Fenomenológica

de Jean-Paul Sartre

Propriedade Descrição
ISBN: 9788532617620
Editor: Editora Vozes
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português do Brasil, Português
Dimensões: 160 x 230 x 57 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 784
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9788532617620
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Jean-Paul Sartre

Jean-Paul Sartre nasceu em Paris a 21 de junho de 1905. Em 1924 ingressou na École Normale Supérieure, onde despertou o seu interesse pela filosofia e conheceu aquela que viria a tornar-se a sua companheira de vida, Simone de Beauvoir. Em 1938 publicou o seu primeiro romance, A Náusea, texto centrado no tema do absurdo da existência que não só alcançou imediato êxito literário como desde logo anunciou Sartre como um dos expoentes do pensamento filosófico francês do século xx. Desdobrando a sua atividade literária pelos mais diversos géneros, destacam-se da sua obra os ensaios O Ser e o Nada e Crítica da Razão Dialética, peças de teatro como As Moscas e As Mãos Sujas ou a autobiografia As Palavras. Em 1964 foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, que recusou como protesto contra os valores da sociedade burguesa. Morreu a 15 de abril de 1980, em Paris.

(ver mais)
A Náusea

A Náusea

10%
Livros do Brasil
16,65€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Ser e o Nada

O Ser e o Nada

10%
Edições 70
35,55€ 39,50€
portes grátis
O Existencialismo é um Humanismo

O Existencialismo é um Humanismo

10%
Quetzal Editores
16,60€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Condição Humana

A Condição Humana

Envio até 15 dias úteis
10%
Relógio D'Água
23,00€ 10% CARTÃO
portes grátis