10% de desconto

O Aberto, o Homem e o Animal

de Giorgio Agamben

editor: Edições 70, setembro de 2013
O que é o homem? Como é que ele entrou em cena? E como é que ele manteve o seu lugar privilegiado de «primeiro entre os animais»?
Nesta obra, o filósofo italiano contemporâneo Giorgio Agamben examina o que significa ser-se "humano", comparando a crença de que ele é um animal superior e a que defende que ele não é sequer um animal. Com base em textos dos antigos gregos , dos cristãos ou dos judeus do século XX, de pensadores como Heidegger, Benjamin e Kojève, Agamben analisa de que modo a distinção entre o homem e o animal foi fabricada pelos pressupostos lógicos do pensamento ocidental, investigando as implicações profundas que a distinção homem / animal teve e tem em disciplinas aparentemente tão díspares como a filosofia, o direito, a antropologia, a medicina e a política.

O Aberto, o Homem e o Animal

de Giorgio Agamben

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724416892
Editor: Edições 70
Data de Lançamento: setembro de 2013
Idioma: Português
Dimensões: 136 x 211 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 136
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biblioteca de Filosofia Contemporânea
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789724416892
Giorgio Agamben

Filósofo italiano, Giorgio Agamben nasceu em Roma em 1942. Formado em Direito, com uma tese sobre o pensamento político de Simone Weil, é responsável pela edição italiana da obra de Walter Benjamin. Foi visiting professor na Università di Verona e na New York University, antes de renunciar entrar nos Estados Unidos da América, em protesto contra a política de segurança do anterior governo norte-americano. Atualmente leciona Estética e Filosofia Teorética na Università IUAV em Veneza. A sua produção centra-se nas relações entre a filosofia, a literatura, a poesia e, fundamentalmente, a política. Entre os seus ensaios filosóficos contam-se Bartleby, la fortuna della criazone (1993), escrito com Gilles Deleuze, Homo sacer (1995), Mezzi senza fine. Note sulla politica (1996), Quel che resta di Auschwitz. L’archivio e il testimone (1998), Il tempo che resta. Un commento alla «Lettera ai Romani» (2000), La communitá che viene (1990, 2001) e L’aperto. L’uomo e l’animale.

(ver mais)
A Experiência Interior

A Experiência Interior

10%
Edições 70
20,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
Sexo e o Absoluto Falhado

Sexo e o Absoluto Falhado

30%
Edições 70
22,72€ 20% + 10% CARTÃO
portes grátis
A Potência do Pensamento

A Potência do Pensamento

10%
Relógio D'Água
23,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Teoria da Interpretação

Teoria da Interpretação

10%
Edições 70
17,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Simbólica do Mal

A Simbólica do Mal

10%
Edições 70
27,50€ 10% CARTÃO
portes grátis