10% de desconto

Caos e Ritmo

de José Gil

editor: Relógio D'Água, junho de 2018
VENDA O SEU LIVRO i
O que é pensar? O que é agir? O que é pensar e agir para criar? Não basta evocar o "destino" ou o "inconsciente" para designar os factores que intervêm, é necessário descrever os mecanismos exactos e as forças que os movem. No tratamento psicanalítico de uma criança, no comportamento homicida de Macbeth, na criatividade "delirante" de Artaud, interferem forças poderosas que se afastam da racionalidade lógica e pragmática habitual. Descobrem-se os nexos claros da magia. Como é que estes processos irracionais podem culminar num objecto com sentido? Inversamente, a exploração do que se esconde sob o rigor da razão mais pura (como a que comanda a trabalho de um Espinosa) abre um mundo novo ao pensamento. O discurso filosófico, a invenção matemática, a criação poética, as sequências de movimento de um bailado, as posturas do ioga, a arte contemporânea ou a retórica do populismo mais desvairado obedecem a regras precisas, não formuladas pela razão. Regras que nascem do caos e que marcam o ritmo.

O que é o caos e o que é o ritmo? De Hesíodo a Paul Klee e à teoria física do caos, de Platão a Olivier Messiaen, colhem-se ideias que ajudam a compreender como as forças do caos podem passar para o outro lado, ritmando a ordem — ou podem falhar, fracassar e vir a destruir perversamente. O que se joga na construção do "eu" ilustra bem essa alternativa. Forças de vida ou de morte, que voltam para o caos. E hoje mesmo, perante a possibilidade real de uma catástrofe planetária, não é o caos destrutivo que nos ameaça?

Caos e Ritmo procura pensar o que nos acontece, ao nível mais concreto do inconsciente, do sensível e do corpo, bem como ao nível mais abstracto do pensamento e da visão. É um livro sobre a criação, sobre os seus poderes e os seus impasses.

Caos e Ritmo

de José Gil

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896418557
Editor: Relógio D'Água
Data de Lançamento: junho de 2018
Idioma: Português
Dimensões: 156 x 234 x 34 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 504
Tipo de produto: Livro
Coleção: Filosofia
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789896418557
e e e e e

Recomendo!!

A. Silva

Este livro capta a nossa atenção desde a primeira página. É muito interessante acompanhar o leitor na tentativa de compreensão de questões relacionadas com o corpo e a nossa existência.

e e e e e

RECOMENDO!!

A. Oliveira

Leitura interessante para quem se questiona sobre a existência humana. Recomendo.

e e e e e

A curiosidade de saber mais sobre a humanidade

Eduardo Rocha

Finalmente uma consciência critica que expõe de forma lúcida o mistério que é a nossa existência. José Gil, através das suas obras habituou-nos a reflectir sobre a enigmática existência do ser humano. Este livro não foge à regra. É interessante, fascinante mesmo, uma vez que suscita ao leitor a curiosidade de saber mais sobre a humanidade. Recomendo vivamente a leitura de “Caos e Ritmo” que deve ser livro de espírito aberto.

José Gil

Filósofo e pensador português nascido em 1939, em Lourenço Marques, Moçambique. Após completar o ensino secundário na capital moçambicana, em 1957 veio estudar para a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, onde se inscreveu no curso de Ciências Matemáticas. Contudo, logo no ano seguinte mudou-se para Paris, em França, onde prosseguiu os estudos em Matemática. No entanto, percebeu que a sua área preferida era a Filosofia e mudou de curso. Em 1968 concluiu a licenciatura em Filosofia na Faculdade de Letras de Paris, na Universidade da Sorbonne. No ano seguinte fez o mestrado de Filosofia, com uma tese sobre a moral de Kant. Em 1982 concluiu o doutoramento com a tese Corpo, Espaço e Poder, editada em livro em 1988.
Entretanto, já desde 1965 era professor de Filosofia num liceu, funções que manteve até 1973, com passagens por Vincennes e pela Córsega. A partir dessa altura foi coordenador do Departamento de Psicanálise e Filosofia da Universidade de Paris VIII. Ao mesmo tempo fazia traduções de textos científicos para um organismo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).
Em 1976 José Gil regressou a Portugal para ser adjunto do Secretário de Estado do Ensino Superior e da Investigação Científica. Cinco anos mais tarde instalou-se definitivamente em Portugal quando passou a ser professor auxiliar convidado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Leccionou Estética e Filosofia Contemporânea. Paralelamente deu aulas no Colégio Internacional de Filosofia, de Paris, numa escola em Amesterdão, na Holanda, e na Universidade São Paulo, no Brasil. Orientou também vários seminários em Porto Alegre, no Brasil, e participou em congressos de Filosofia nos Estados Unidos da América. A partir de 1996 passou a dirigir a Colecção de Filosofia da editora Relógio D' Água.
Publicou diversos artigos e ensaios científicos em revistas e enciclopédias de todo o mundo, destacando-se nas suas preferências a reflexão sobre o corpo. Também elaborou alguns trabalhos sobre o poeta Fernando Pessoa.
Em 2004 publicou Portugal, Hoje. O Medo de Existir, a sua primeira obra escrita directamente em português, que rapidamente se tornou um sucesso de vendas. O livro fala do quotidiano de uma forma simples e acessível. Antes disso já tinha publicado diversas obras, sobre temas tão diversos como Salazar, Fernando Pessoa, a Córsega, o corpo ou O Principezinho, de Saint-Exupéry.
Em Janeiro de 2005 a conceituada revista francesa Le Nouvel Observateur integrou José Gil no grupo dos 25 grandes pensadores do mundo.

(ver mais)
Ou-Ou

Ou-Ou

10%
Relógio D'Água
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Morte e Democracia

Morte e Democracia

10%
Relógio D'Água
18,00€ 20,00€
portes grátis
Portugal, Hoje

Portugal, Hoje

10%
Relógio D'Água
19,01€ 10% CARTÃO
portes grátis
Poderes da Pintura

Poderes da Pintura

10%
Relógio D'Água
14,00€ 10% CARTÃO
O Riso

O Riso

10%
Relógio D'Água
15,00€ 10% CARTÃO
A Sociedade do Cansaço

A Sociedade do Cansaço

10%
Relógio D'Água
12,60€ 14,00€