10% de desconto

Basta-me Viver

de Carlos Vale Ferraz

Livro eBook
editor: Casa das Letras, março de 2010
Um romance perturbante sobre o amor e o dever que leva as personagens a viver e a morrer, a mentir e a trair.
Esta é a história do amor de duas mães pelos seus filhos. O filho de uma morreu para honrar os valores do pai, a outra morreu para que o seu filho pudesse viver. As duas mulheres, uma portuguesa e uma angolana, são a avó e a mãe deste neto, órfão-feiticeiro, que nasceu já com dentes, um sinal que levou a prever que seria dotado de poderes extraordinários. A sua mãe temeu que ele tivesse o destino das kindoki, as crianças-feiticeiras de África, abandonadas pelas famílias que as julgam responsáveis pelas desgraças que caem sobre elas e por isso o defendeu até à morte.

A história deste órfão-feiticeiro atravessa o fim do regime de Salazar e da guerra colonial, a independência e a guerra civil de Angola, os prodigiosos anos 80 e 90 em que surgiram os computadores, Portugal aderiu à Comunidade Europeia, aboliu o papel selado e saiu da administração do inqualificável território de Macau, capital mundial do jogo, encerrando o seu ciclo do império.

O órfão que nos narra a história através da conversa com o seu tio Ernesto, na varanda de uma casa no bairro Sambizanga, em Luanda, é o neto rejeitado quer pela família da mãe, a poderosa família Gonzaga, uma das grandes famílias crioulas de Angola, quer pela família do pai, um jovem piloto-aviador português, filho de Augusto Torres, um político salazarista. É alguém que, sem merecer o sacrifício dos pais, se furtou a seguir o rasto de muito poder e pouco escrúpulo dos avós, que cumpre a vida como o pagamento de uma promessa feita, não por ele, mas pelos que morreram para ele viver.

«Já só eu existo para respeitar a vontade da minha mãe de viver. Não há mais testemunhas nem fiadores. Estou livre para tomar conta de mim e lembrei-me de um provérbio chinês que diz: a vida pode ser um bom lugar para lutar, mas a luta nunca será uma boa ocasião para se viver.
O meu drama é não me sentir capaz nem de viver nem de lutar… é não saber se me basta viver…»

Basta-me Viver

de Carlos Vale Ferraz

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724619538
Editor: Casa das Letras
Data de Lançamento: março de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 161 x 238 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 348
Tipo de produto: Livro
Coleção: Ficção Portuguesa
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789724619538
Carlos Vale Ferraz

Carlos de Matos Gomes nasceu a 24 de julho de 1946, em Vila Nova da Barquinha. Foi oficial do Exército, tendo cumprido comissões em Angola, Moçambique e Guiné. Investigador de História Contemporânea de Portugal, publicou em nome próprio e em coautoria com Aniceto Afonso Guerra Colonial, entre outros.
Sob o pseudónimo literário de Carlos Vale Ferraz, publicou dezenas de romances, figurando no catálogo da Porto Editora A Última Viúva de África, Prémio Literário Fernando Namora/2018, Nó Cego, Que Fazer Contigo, Pá?, Angoche e O Gémeo de Ompanda.

(ver mais)
Esse Cabelo

Esse Cabelo

10%
Relógio D'Água
16,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Nó Cego

Nó Cego

10%
Porto Editora
18,85€ 10% CARTÃO
portes grátis
Guerra Colonial

Guerra Colonial

10%
Porto Editora
25,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Beijo da Chama

O Beijo da Chama

10%
Quasi Edições
6,00€ 10% CARTÃO