A Guerra e Queixa da Paz

de Erasmo de Roterdão

editor: Edições 70, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Publicado pela primeira vez em 1500, A Guerra (Dulce Bellum Inexpertis) é o mais estruturado e conhecido dos muitos textos que Erasmo consagrou à temática irénica (que significa o repúdio por todo tipo de beligerância e uma ilimitada confiança na eficácia do diálogo e da arbitragem na resolução dos conflitos que opõem os homens.) O êxito do Dulce bellum foi imediato, justificando tiragens separadas logo a partir de 1517 e traduções ainda em vida do autor. A Queixa da paz é publicada pela primeira vez em Basileia em Dezembro de 1517. Foi escrita em 1516, a pedido do grande chanceler João Le Sauvage. Faziam-se então grandes aprestos em Cambrai para uma conferência que reuniria os maiores príncipes do mundo. Como o leitor facilmente se dará conta, há muitos pontos de contacto e semelhanças de desenvolvimento entre os dois textos anti-belicistas que aqui se reúnem.

A Guerra e Queixa da Paz

de Erasmo de Roterdão

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724410135
Editor: Edições 70
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 129 x 206 x 5 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 120
Tipo de produto: Livro
Coleção: Textos Filosóficos
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789724410135
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Erasmo de Roterdão

Erasmo de Roterdão nasceu em Roterdão a 28 de outubro de 1466 e faleceu em Basileia a 12 de julho de 1536. Foi oi um teólogo e um humanista que viajou por toda a Europa, inclusive Portugal.

Erasmo cursou o seminário com os monges agostinianos e realizou os votos monásticos aos 25 anos, vivendo como tal, sendo um grande crítico da vida monástica e das características que julgava negativas na Igreja Católica. Frequentou o Collège Montaigu, em Paris, e continuou seus estudos na Universidade de Paris, então o principal centro da escolástica, apesar da influência crescente do Renascimento da cultura clássica, que chegava de Itália. Erasmo optou por uma vida de académico independente, independente de país, independente de laços académicos, de lealdade religiosa e de tudo que pudesse interferir com a sua liberdade intelectual e a sua expressão literária.

(ver mais)
Sobre a Liberdade

Sobre a Liberdade

10%
Edições 70
20,70€ 10% CARTÃO
portes grátis
Discurso do Método

Discurso do Método

10%
Edições 70
14,20€ 10% CARTÃO
O Elogio da Loucura

O Elogio da Loucura

10%
Edições Cosmos
14,00€ 10% CARTÃO
Elogio da Loucura

Elogio da Loucura

10%
Edições 70
15,75€ 17,50€
portes grátis
Modernidade e Tempo

Modernidade e Tempo

Envio até 10 dias úteis
10%
Edições Minerva Coimbra
10,00€ 10% CARTÃO
Da Arte de Persuadir

Da Arte de Persuadir

10%
Landy
8,48€ 10% CARTÃO