10% de desconto

Um Verão com Montaigne

de Antoine Compagnon

editor: Gradiva, junho de 2016
VENDA O SEU LIVRO i
Em quarenta capítulos, Antoine Compagnon convida-nos a descobrir um Montaigne estival e estimulante: da noção de compromisso ao trono do mundo, passando pela conversação, a amizade e a educação, o tempo perdido e mesmo o excesso de peso. Simultaneamente, este pequeno livro põe em evidência a actualidade e a densidade histórica de Ensaios. Cada capítulo constitui uma reflexão sobre uma citação ou um pensamento de Montaigne, num livro que atravessa assim temas diversos e recorre a uma linguagem acessível.

«Montaigne tem a consciência da singularidade e da temeridade da sua obra: os que se examinam apenas em pensamentos, em palavras ou de vez em quando não vão tão longe no conhecimento de si, isto é, no conhecimento do homem. Montaigne sabe que o facto de escrever, de se escrever, o transformou em si mesmo e na relação com os outros. ‘O facto de um homem como Montaigne ter escrito aumentou verdadeiramente a alegria de viver na Terra’, reconhecerá Nietzsche.»

A edição da Gradiva inclui prefácio de João Lobo Antunes.

«Montaigne escreve: ‘Viver é o meu ofício e a minha arte’. Ambos pulsam livremente neste volume, que para quem não conhece a obra é uma deliciosa introdução a um clássico da cultura ocidental, nunca ultrapassado e sempre contemporâneo.»

Um Verão com Montaigne

de Antoine Compagnon

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896167202
Editor: Gradiva
Data de Lançamento: junho de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 117 x 167 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 176
Tipo de produto: Livro
Coleção: Gradiva Breve
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Outros
EAN: 9789896167202
e e e e E

Um agradável caderno

JJBrito

As escolhas dos fragmentos dos Ensaios são do autor do caderno. Não temos alternativas quando decidimos ler um livro deste género e arrisquei. Fiz bem. Lê-se com agrado embora tenha detectado um ou dois pontos que , no meu entender, denunciaram pequena incompreensão de MMontaigne. A tradução dos trechos dos ensaios transcritos também tem algumas insuficiências. A referência ao prof JLAntunes e o seu prefácio eram dispensáveis.

Antoine Compagnon

Nascido em 1950, Antoine Compagnon ensinou na Sorbonne e na Universidade Columbia de Nova Iorque. É, desde 2006, Professor Catedrático de Literatura Francesa Moderna e Contemporânea: história, crítica, teoria no Collège de France. É nomeadamente o autor de La Troisième République des Lettres (1983), Les cinq Paradoxes de la Modernité (1990) e Les Antimodernes, de Joseph de Maistre à Roland Barthes (2005). Depois de ter leccionado na Universidade de Vincennes e na Escola Prática de Ciências Sociais, e de ter fundado, conjuntamente com o ex-Presidente da República François Mitterrand, o Festival de Ópera e Teatro Barroco de Versalhes, ascendeu, em 1990, ao cargo de secretário-geral do serviço literário da Gallimard. No entanto, em 1994, abandonou todas as suas funções para se dedicar inteiramente à escrita. Da sua obra mais tardia destacam-se Tous Les Matins du Monde (1991-1993, Todas as Manhãs do Mundo), romance que mereceu uma adaptação para o cinema pela mão do realizador francês Alain Corneau, no ano de 1991, e que contava a história da vida do músico Marin Marais; L'Occupation Americaine (1994-1996, A Ocupação Americana ) e Dernier Royaume (2002).

(ver mais)
Baudelaire

Baudelaire

10%
ACANTILADO
22,42€ 10% CARTÃO
portes grátis
La Segunda Mano

La Segunda Mano

10%
ACANTILADO
29,55€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Demónio do Ouro

O Demónio do Ouro

10%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
20,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Guadalupe

Guadalupe

10%
Edições Polvo
11,90€ 10% CARTÃO