10% de desconto

Silvenius

de Arménio Vieira

editor: Rosa de Porcelana Editora, novembro de 2016
Arménio Vieira, escritor e poeta, único cabo-verdiano galardoado com o Prémio Camões, lança o seu décimo livro, intitulado "SILVENIUS - ANTOLOGIA POÉTICA", com a chancela da Rosa de Porcelana Editora.

Este livro, que se difere dos anteriores por ser uma seleção feita pelo próprio Autor dos seus exercícios poéticos ao longo dos últimos quarenta anos - em verdade, desde o aparecimento da figura Silvenius, uma espécie de pseudónimo, questionador de poemas "transitivos" e da "poesia utilitária" de um certo fazer literário cabo-verdiano.

Numa centena e meia de páginas, Arménio Vieira escolhe, entre a sua lavra, os textos poéticos que mais se afinam pelo diapasão universalista e existencialista de Silvenius, optando pelo viés modernista de intertextualidade com outros escritores do mundo, tais como Shakespeare, Cervantes, Camões, Whitman, Baudelaire, Rimbaud, Pessoa, e Borges, entre tantos, bem como os mais próximos como Osvaldo Alcântara, Valcobra, João Vário e Mário Fonseca. Outro aspeto digno de registo é o indiciar que este livro marca o fim da fase dos Brumários, composto por quatro livros - O Brumário, Derivações do Brumário, Sequelas do Brumário e Fantasmas e Fantasias do Brumário -, uma espécie de linha poética do Autor, desde 2013.

Silvenius

de Arménio Vieira

Propriedade Descrição
ISBN: 9789899940680
Editor: Rosa de Porcelana Editora
Data de Lançamento: novembro de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 125 x 214 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789899940680
Arménio Vieira

Arménio Vieira nasceu a 24 de janeiro de 1941 na cidade da Praia, Cabo Verde. Exerceu múltiplas atividades profissionais, tendo sido nomeadamente redator do extinto jornal Voz di Povo.
Como poeta e ficcionista publicou Poemas (1981), O Eleito do Sol (romance, 1990), No Inferno (romance, 1999), editado no ano seguinte em Portugal pela Caminho, e MITOgrafias (2006). Tem colaboração dispersa em várias publicações (Mákua, Alerta, Boletim de Cabo Verde, Imbondeiro, Vértice, Raízes, Ponto & Virgula, entre outras) e está incluído em diversas coletâneas.
Em 2009 foi-lhe atribuído o Prémio Camões. Helena Buescu, que presidiu ao júri, afirmou que Arménio Vieira "produziu uma obra que merece entrar para um certo cânone das literaturas em língua portuguesa". E o seu conterrâneo Germano Almeida definiu-o como "um dos maiores poetas do arquipélago".

(ver mais)
Safras de um Triste Outono

Safras de um Triste Outono

10%
Rosa de Porcelana Editora
20,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Fantasmas e Fantasias do Brumário

Fantasmas e Fantasias do Brumário

10%
Rosa de Porcelana Editora
15,00€ 10% CARTÃO
Zen Limites

Zen Limites

10%
Rosa de Porcelana Editora
15,00€ 10% CARTÃO
Flor de Basalto

Flor de Basalto

10%
Rosa de Porcelana Editora
10,00€ 10% CARTÃO