Quando os Lobos Uivam

de Aquilino Ribeiro

editor: Bertrand Editora
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
Serra dos Milhafres, finais dos anos 40, o Estado Novo resolve impor aos beirões uma nove lei: Os terrenos baldios que sempre tinham sido utilizados para bem comunitário e onde essa comunidade retirava parte vital do seu sustento, seriam agora "expropriados" e esses terrenos utilizados para plantar pinheiros. Assim, sem mais nem menos, o Estado chega e diz que, a partir daquele momento, acabou. Implanta-se um clima de medo nas gentes e é esse clima que Manuel Louvadeus, que havia emigrado para o Brasil anos antes, vem encontrar quando regressa à aldeia. Homem vivido e culto devido, segundo o próprio, aos muitos livros que por lá havia lido, Manuel tem uma visão para os dois lados e um sentido de justiça que rapidamente o fazem cair nas boas graças das gentes do povo. Toma então parte da sua gente, homens honestos e humildes que trabalham de Sol a Sol mas que não deixam de viver em condições miseráveis. A revolta acaba por suceder e entre mortos e feridos tudo acaba numa caçada aos homens por parte da polícia que leva muitos homens à prisão acusados de serem instigadores e cérebros da revolta. O Estado mostra então todo o seu esplendoroso poder. Aqui representado está a saga dos beirões na defesa dos terrenos baldios perante a ditadura do Estado Novo.

Quando os Lobos Uivam

de Aquilino Ribeiro

ISBN: 9789722523288
Editor: Bertrand Editora
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 232 x 18 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 248
Tipo de produto: Livro
Coleção: Obras de Aquilino Ribeiro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722523288
e e e e e

Retrato da vida rural

Tiago LB

Um clássico que nos transporta para a ruralidade de um período atribulado.

e e e E E

Fica atrás de outros autores clássicos portugueses.

André Lopes

Vale pela história e conjuntura em que o livro foi escrito. Apesar de ser um autor clássico, fica atrás de grandes escritores como Camilo Castelo Branco. Mas trata-se apenas de uma questão de gosto em relação à escrita - é demasiado poética e o desenvolvimento da história é demasiado prolongado.

Aquilino Ribeiro

Aquilino Ribeiro nasceu na Beira Alta, concelho de Sernancelhe, no ano de 1885, e morreu em Lisboa em 1963.
Deixou uma vasta obra, na qual que cultivou todos os géneros literários, partilhando com Fernando Pessoa, no dizer de Óscar Lopes, o primado das Letras portuguesas do século XX. Foi sócio de número da Academia das Ciências e, após o 25 de Abril, reintegrado, a título póstumo, na Biblioteca Nacional, condecorado com a Ordem da Liberdade e homenageado, aquando do seu centenário, pelo Ministério da Cultura.
Em setembro de 2007, por votação unânime da Assembleia da República, o seu corpo foi depositado no Panteão Nacional.

(ver mais)
20%
Bertrand Editora
12,40€ 15,50€
portes grátis
20%
Bertrand Editora
11,51€ 14,39€
portes grátis
20%
Bertrand Editora
14,16€ 17,70€
portes grátis
20%
11 X 17
6,40€ 8,00€
portes grátis
20%
BIS
4,76€ 5,95€
portes grátis
20%
Cavalo de Ferro
10,15€ 12,69€
portes grátis