100%

Portugal Pós-Liberal

Um ensaio de História do Presente

de José Adelino Maltez

editor: Âncora Editora, setembro de 2020
DEVOLVEMOS 100% NA COMPRA DESTE ARTIGO - SAIBA MAIS i VENDA O SEU LIVRO i
Neste ensaio, onde recolhe uma antologia cronológica de ciência política em português, conclui que os duzentos anos pós-liberais ainda estão por cumprir, face ao peso e às sombras de viradeiras caceteiras e ditatoriais que nos marcaram durante cerca de cinquenta e quatro anos, com a mais recente a pintar-se de constitucional, mas continuando a pertencer ao bestiário.

O vintismo não passou de uma semente que os mindeleiros radicaram num processo de construção do Estado, onde a constituição de 1822 e a carta de 1826 se sintetizaram na constituição de 1838 e, depois, nos vários atos adicionais de uma nova ilusão de regeneração. Veio, a seguir, a breve republicanização, a partir de 1910, e o regresso ao despotismo não iluminado, a seguir a 1926.

Felizmente o autoritarismo não se cumpriu para sempre e continuamos a procurar a liberdad com a constituição de 1976 que, noutras letras da moda, soletra, em raiz, os sonhos de 1822, 1826, 1838 e 1911,

Portugal Pós-Liberal

Um ensaio de História do Presente

de José Adelino Maltez

Propriedade Descrição
ISBN: 9789727807307
Editor: Âncora Editora
Data de Lançamento: setembro de 2020
Idioma: Português
Dimensões: 163 x 239 x 42 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 741
Tipo de produto: Livro
Coleção: Caminhos da História
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > História e Metodologia Científica
EAN: 9789727807307
José Adelino Maltez

José Adelino Maltez nasceu em Coimbra, em 1951. Pai de três filhos e avô de três netas. Formado em Direito nesta cidade, é Doutor na especialidade de Ciência Política pela Universidade de Ciência Política (ISCSP), escola onde é professor catedrático da área, desde o século passado. Começou a docência na Faculdade de Direito de Lisboa em 1976 e verifica, agora, que as suas duas escolas já se integram na Universidade de Lisboa, a Universidade Pública portuguesa de refundação henriquina. Entre as suas obras, para além do Ensaio sobre o problema do Estado, editado em 1990, e de cinco volumes de poesia, publicou várias obras com cruzamento histórico com o Portugal pós-liberal, como Nas encruzilhadas do país político, 1987; A estratégia do PCP na reforma agrária, 1990; Sobre a estratégia cultural portuguesa, 1991; Tradição e revolução, 2004-2005; Biografia do pensamento político, 2009 e 2014; Abecedário simbiótico, 2011; Do império por cumprir, 2016; e a cronologia Portugal político, 3 volumes, 2020.

(ver mais)
Guerra Colonial

Guerra Colonial

Porto Editora
25,50€
portes grátis