10% de desconto

Os livros que devoraram o meu pai

A estranha e mágica história de Vivaldo Bonfim

de Afonso Cruz

editor: Editorial Caminho, fevereiro de 2010
Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009
RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA i
Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que leva romances e novelas para a repartição de finanças onde está empregado. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se na leitura e desaparece deste mundo. Esta é a sua verdadeira história — contada na primeira pessoa pelo filho, Elias Bonfim, que irá à procura do seu pai, percorrendo clássicos da literatura cheios de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras.

Os livros que devoraram o meu pai

A estranha e mágica história de Vivaldo Bonfim

de Afonso Cruz

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722120951
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: fevereiro de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 125 x 195 x 9 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 128
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
EAN: 9789722120951
Idade Mínima Recomendada: Maiores de 12
e e e e e

Um bom livro

Tiago Ribeiro

Um ótimo livro, algo que Afonso Cruz sempre nos habituou.

e e e e e

Excelente!

Liliana Carvalho Um Blog entre Bibliotecas

Esta foi a minha estreia com o autor, e escusado será dizer que mais livros dele vão passar-me pelas mãos, pois fiquei, pura e simplesmente, enamorada! Eis uma leitura para miúdos e graúdos, tanto que há diversas nuances carregadas de introspecção que nem todas as crianças vão captar, é daqueles livros para se ler em criança, e depois mais tarde em adulto, com outra forma de ver e sentir a narrativa, já com mais experiência de vida em cima. É um livro sobre o amor aos livros, sobre perda, sobre encontrar-se a si próprio, sobre as diversas formas que arranjamos para lidar com a tristeza e o luto. O amor fraterno que Elias sente pelo pai é absolutamente arrebatador. A originalidade desta narrativa é fascinante, a forma como é um livro dentro de livros dentro de livros, e como Elias se vai envolver com personagens de livros clássicos - uns bons quantos, como alguma vergonha da minha parte, ainda não li - mas já estou a corrigir a minha falha no que a ler clássicos diz respeito! E se eu já estava nesse caminho, de investir na leitura dos clássicos que nunca li, após a leitura deste livro mais motivada fiquei!

e e e e E

Engolido por esta deliciosa Biblioteca

Pedro Rebelo

Vivaldo Bonfim, pai de Elias, trabalha no 7º bairro fiscal, ao que parece na área de fiscalidade (uma vez que na sua caracterização foca-se nas declarações de IRS). Até que um dia, não aguenta mais o seu trabalho entediante e perde-se completamente num livro que está a ler " A ilha de Dr. º Moreau ". Desaparece e perde-se nesta ilha e nunca mais volta ao seu trabalho, permanecendo na local de trabalho, apenas o respetivo impresso de IRS. No entanto, antes de o fazer, Vivaldo entrega a sua mãe, uma chave. A chave da Biblioteca de Vivaldo, no qual deixa à merce da sua mãe, a entrega a Elias, quando sentir que este está pronto. E aqui começa uma história magnífica, sobre alguém que começa a ler um conjunto de histórias, sobre alguém que procura perceber cada uma das histórias e questionar as várias direções, mas essencialmente, de alguém que sobretudo tenta perceber a sua própria história, para encontrar o seu pai! Um livro importante, sobre o que nos rodeia, as histórias dos outros que são construídas com verdadeiras histórias! Este livro, faz parte do Plano Nacional Leitura para o 7º ano (PNL) Como sempre Afonso Cruz. consegue surpreender-nos em cada livro que escreve ¿ Dou 4 estrelas pela ótima leitura!!! Em resumo, como habitual: Vivaldo Bonfim, um pai leitor viciado No 7º bairro fiscal, trabalhava entediado Até que um dia, parou de trabalhar Porque a "leitura o engoliu," até dar que falar. Até dar que falar Pois por ele alguém o fará Vivaldo entrega a Elias, a chave para um futuro quiçá Um belo futuro, numa bela biblioteca Clássicos também são futuro, de pensamento e aritmética. Pensamento e aritmética, o leitor vai perguntar? O Foco ou a palavra-chave, baseia-se em questionar O que nos rodeia, como funciona Os Bonfim são os most-wanted, das "histórias de poltrona"!

e e e e E

Um estímulo à descoberta de novos livros

Sandra Santana - Vício dos Livros

Maravilhoso e delicioso para quem gosta de livros com livros dentro e de se perder nas suas histórias. O amor aos livros em forma de aventura através de alguns clássicos da literatura. Só não havia necessidade daquele final..

e e e e E

Como ser devorado pelo prazer da leitura

Sandra Santana (Vício dos Livros)

Maravilhoso e delicioso para quem gosta de livros com livros dentro e de se perder nas suas histórias. O amor aos livros em forma de aventura através de alguns clássicos da literatura. Só não havia necessidade daquele final...

e e e e e

Li e reli

Liliana crespo

Devem ler, dentro deste pequeno livro encontramos uma biblioteca que nos dá vontade de percorrer toda a literatura lida pelo Vivaldo Bomfim. Muito bom!!!!

e e e e E

De como um devorador de livros desaparece deixando rasto

Manuela Castro-Leal

Um enredo interessante: de como um devorador de livros desaparece deixando o seu rasto literário.

e e e e e

Opinião

Fernanda Carvalho

Uma história fantástica que devorei em conjunto com o meu filhote! :) Delicioso.

e e e e e

Genial

Ana Ferreira

li e reli o livro! é daqueles que valem a pena, mesmo sendo pequeno, tem uma história incrível. Parabéns ao autor.

e e e e E

Um livro pequeno mas intenso

Manuel Duarte

á conhecia Afonso Cruz do romance "Jesus Cristo bebia cerveja". Adorei a escrita, ingénua, mas ao mesmo tempo profunda e... certeira... Deixo algumas passagens que memorizei a ideia: "... Um homem é feito de Histórias e não de ADN's"... "... ao longo dos anos vamos vendo o nosso passado a uma luz diferente, daí a ele se poder mudar"...

e e e e e

Uma história dentro de histórias

Mª José Costa

Uma aventura deliciosa, empolgante que leva a querer saber o final, embora este seja triste...

e e e e E

Afonso Cruz: mestre das palavras

Ana Fonseca

Afonso Cruz é um dos meus escritores favoritos. Ele não se limita a contar histórias: ele arrasta-nos para elas, tornando-nos parte integrante do enredo. Ele suga-nos, anda às voltas connosco e por fim deixa-nos cair extasiados no chão. Ele faz magia com as palavras, e este livro é dos mais doces que já li. Adorei!

e e E E E

Já li melhor...

Ana

Não gostei do livro, da história. Ao inicio estava a gostar, mas depois a parte final odiei, pois fez com que um amigo dele morresse só para ficar bem visto por uma rapariga.

e e e e e

Recomendado.

José Mendes

Pelo comentário da Inês, este livro é muito útil, na medida em que traz um abrir de consciência, para pensar e reflectir. Pequeno em tamanho mas de grande valor.

e e e e E

Uma história bonita

Carla

Nunca antes tinha pensado como os livros nos devoravam... ou será que somos nós que devoramos os livros! Como sempre o humor é algo que não falta neste livro.

e e e e e

Leitura devoradora

Isabel Silva

É um livro que prende o leitor da primeira à última página! Com uma história muito imaginativa e intemporal, os leitores miúdos e graúdos identificam-se logo com ela. Um livro com uma leitura simples, mas onde muito se aprende.

e e e e e

Livros são como as viagens

Cristina Abreu

Este livro é encantador, está muito bem escrito e leva os nossos filhos ao prazer da leitura. Fácil de ler e com metáforas muito bem feitas. A Joana está a adorar e a mãe também, pois lê em voz alta!

e e e e e

A ler, reler, ler em voz alta, comentar...

Sandra Monteiro

Um livro pequenino em páginas mas enorme em conteúdo. Uma viagem pela literatura que só peca por ser de curta duração :) ! A história faz sorrir, pensar, refletir e aprender. Afonso Cruz - queremos mais !

e e e e e

Cada vez mais fã de Afonso Cruz

Joana Lírio

Amei este livro. O autor conseguiu colocar num livro tão curto e simples referências a grandes obras da Literatura e criar uma atmosfera de fantasia inimitável. A viagem de Elias Bonfim está recheada de pormenores particulares que nos fazem sorrir. É uma leitura deliciosa, o único defeito é ser muito curto.

e e e e E

Entrar dentro de uma história com história.

João Miguel Ramalho Mendonça

Escrita acessível, agradável e cativante. Leva uma criança a tomar consciência que os actos têm consequências.

e e e e E

Muito Bom!

António Jorge dos Santos Serra

Gostei bastante!... Em poucas páginas consegue "revisitar" uma série de titulos e temas da literatura universal. Recomendado sem dúvida.

Afonso Cruz

Afonso Cruz é escritor, ilustrador, cineasta e músico da banda The Soaked Lamb.
Em julho de 1971, na Figueira da Foz, era completamente recém-nascido, e haveria, anos mais tarde, de frequentar lugares como a António Arroio, as Belas-Artes de Lisboa, o Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira e mais de meia centena de países. Assina, desde fevereiro de 2013, uma crónica mensal no Jornal de Letras, Artes e Ideias sob o título «Paralaxe». Recebeu vários prémios e distinções nas diversas áreas em que trabalha, vive no campo e gosta de cerveja.
Os seus livros estão publicados em vários países.
www.afonsocruz.booktailors

(ver mais)
Flores

Flores

10%
Companhia das Letras
10,95€ 10% CARTÃO
O Pintor Debaixo do Lava-Loiças

O Pintor Debaixo do Lava-Loiças

10%
Editorial Caminho
12,90€ 10% CARTÃO
O Rapaz que Prendeu o Vento

O Rapaz que Prendeu o Vento

10%
Editorial Presença
16,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
A história do senhor Sommer

A história do senhor Sommer

10%
Porto Editora
13,30€ 10% CARTÃO