Obras Completas Maria Judite Carvalho - Volume 5

Este Tempo | Seta Despedida | A Flor que Havia na Água Parada | Havemos de Rir!

de Maria Judite de Carvalho

Livro eBook
editor: Editora Minotauro
Maria Judite de Carvalho foi a escritora da solidão e do silêncio das «palavras poupadas». Fez nas suas novelas e contos o retrato irónico e desencantado da pequena burguesia lisboeta, das frustrações e desistências das mulheres e dos velhos, de toda uma sociedade lentamente envenenada pela moral hipócrita do fascismo português. Aliando o humor à arte da concisão e da reticência, convidou o leitor a entrar nas suas histórias e a completá-las, a vivê-las de algum modo. Foi sem dúvida uma das maiores ficcionistas do século XX. Foi casada com Urbano Tavares Rodrigues

Obras Completas Maria Judite Carvalho - Volume 5

Este Tempo | Seta Despedida | A Flor que Havia na Água Parada | Havemos de Rir!

de Maria Judite de Carvalho

ISBN: 9789898866660
Editor: Editora Minotauro
Idioma: Português
Dimensões: 156 x 234 x 27 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 274
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Contos
EAN: 9789898866660
e e e e e

Todos devíamos ler Maria

SMC

A prosa de Maria Judite de Carvalho arrebatou-me por completo. A emoção, a contenção, a subtileza. Uma escrita em que paira o não dito, em que há delicadeza nas palavras e no que estas evocam. Maria Judite é uma das autoras portuguesas a não ignorar e em bom tempo se compilam as suas obras. Somo leitores sortudos, portanto. É de ler este e todos os demais volumes. Que venha o sexto!

e e e e e

Unidade e multiplicidade

Gil Ismael Braga Monteiro

Os contos de Mª Judite de Carvalho oferecem ao leitor, como o seu próprio género pressupõe, brevidade narrativa, concentração de tempo e de espaço e um número limitado de personagens, que lhe comportam uma lógica de unidade de ação. Porém, na minha leitura, confluem ainda nos seus contos exemplos de duplicidade, de ambiguidade, ora numa força centrífuga, ora numa força centrípeta, que conferem ao leitor um certo efeito de “knockout”, após cada leitura. Recomendadíssimo!

Maria Judite de Carvalho

Maria Judite de Carvalho (1921-1998) foi uma escritora portuguesa, unanimemente considerada uma das vozes femininas mais importantes da literatura nacional do século XX. É autora de contos, novelas, crónicas, assim como de uma peça de teatro e de um livro de poesia. Trabalhou nos periódicos Diário de Lisboa, Diário Popular, Diário de Notícias e O Jornal. Foi casada com Urbano Tavares Rodrigues e viveu em França e na Bélgica entre 1949 e 1955, ainda antes da sua estreia literária. O resto dos seus anos, passou-os na capital portuguesa.

«Flor discreta» da nossa literatura, como lhe chamou Agustina Bessa-Luís, a obra de Maria Judite de Carvalho foi várias vezes galardoada, destacando-se o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, o Prémio da Crítica da Associação Portuguesa de Críticos Literários, o Prémio P.E.N. Clube Português de Novelística e o Prémio Vergílio Ferreira.

(ver mais)
Porto Editora
9,90€ 10% CARTÃO
Relógio D'Água
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
BIS
5,95€ 10% CARTÃO