20% de desconto

O Conceito do Tempo

de Martin Heidegger

editor: Fim de Século Edições
VENDA O SEU LIVRO i
Reedição do texto pela primeira vez publicado em português, pela Fim de Século, em 2003, em edição bilingue, da conferência "O Conceito de Tempo", na sua versão reconstituída com base em rascunhos de dois dos assistentes, proferida em 25 de Julho de 1924, ante uma assembleia basicamente constituída por estudantes e professores da Faculdade de Teologia da Universidade de Marburgo.
Este texto foi publicado pela primeira vez na sua língua original como motivo da celebração, em 1989, do centenário de nascimento do pensador. Hartmut Tietjen, responsável por essa primeira edição alemã, aqui reproduzida, dá a conhecer no Epílogo as características e vicissitudes do texto e da sua reconstituição.

O Conceito do Tempo

de Martin Heidegger

ISBN: 9789727542628
Editor: Fim de Século Edições
Idioma: Português
Dimensões: 156 x 234 x 6 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 96
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789727542628
e e e e E

O livro responde realmente o que eu procurava

Hélder Madeira

Olá equipa WOOK… Por incrível que pareça terminei mesmo ontem (20.10.2013) de ler o livro “O Conceito de Tempo” de Martin Heidegger, o livro responde realmente o que eu procurava: conceito de tempo na história do pensamento. Este livro constitui não só uma continuação da Física de Aristóteles como também é a chave de leitura da majestosa obra Ser e Tempo (1924). Na sua exposição Heidegger dialoga com o passado filosófico com autores como Aristóteles e Agostinho e na encruzilhada sem saída sobre o que é o Tempo, Heidegger propõe uma nova abordagem além de perguntar-se o que é o Tempo seria interessante questionar-se nos termos Quem é o Tempo? E afinal a resposta não tarda chegar e ai descobre-se o génio de Heidegger somos nos mesmos o tempo. Tempo é Dasein e Dasei é Tempo! A questão do tempo ocupou largamente pensadores como: Platão (Timeu), Aristóteles (Física), Agostinho (Confissões), Mbiti (African Religion and Philosophy) entre outros se debateram ate ao últimos minutos, para mim só a Heidegger nos veio uma resposta somos nos mesmo o tempo e o relógios é o nosso tempo uns-com-os outros! E este pensamento encontramo-lo expresso na conferência O Conceito do Tempo, para mi este livro além de ser claro e directo é simplesmente fantástico!

Martin Heidegger

Martin Heidegger (1889-1976), filósofo alemão, nasceu em Messkirsh, uma pequena cidade católica a norte do lago de Constância, em Baden.
Na Universidade de Friburgo, de 1909 a 1913, fez estudos de Teologia, Filosofia e Ciências.
A sua dissertação de fim de curso foi sobre A doutrina do juízo no psicologismo e demonstra o seu interesse pelas Investigações lógicas de Husserl, de quem foi assistente e amigo e a quem dedicou a redação da sua obra mais célebre, Ser e Tempo, escrita na sua pequena casa de Todtnautberg, na Floresta Negra, e publicada em 1927.
Depois de suceder a Husserl na cátedra de Friburgo, em 1933, quando os nazis tomam o poder, aceita o cargo de reitor da universidade, mas demite-se um ano depois.
A sua adesão ao partido nacional-socialista é objeto de controvérsias.
Suspenso das suas funções de professor em 1945 pelas autoridades das forças de ocupação, pronuncia conferências.
Vendo a sua influência aumentar progressivamente, foi readmitido em 1951 e lecionou até 1957 como professor jubilado.

(ver mais)
20%
POLITY PRESS
25,75€ 32,19€
portes grátis
20%
Edições 70
11,12€ 13,90€
portes grátis
20%
Fim de Século Edições
13,60€ 17,00€
portes grátis