editor: Relógio D'Água, julho de 2007
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Aos 15 anos, Naomi era uma discreta rapariga que trabalhava como recepcionista no Café Diamante. À primeira vista, parecia uma criança melancólica, de rosto pálido, quase transparente. Mas como nota o narrador, Joji, um engenheiro de 30 anos, havia algo de ocidentalizado na sua aparência e ela parecia-se mesmo com a estrela de cinema Mary Pickford.
O Japão dos anos vinte experimentava então uma crescente influência ocidental. Joji morava sozinho numa pensão, ganhava bem e tinha uma vida agradável. Incapaz de resistir à sensualidade de Naomi, concebeu o projecto de viver com ela, vendo-a crescer, levando uma vida divertida e talvez um dia casando.
Mas ao longo de sete anos de casamento vai descobrir uma Naomi inesperada.

« "Naomi" é o relato de uma obsessão apaixonadamente erótica e ironicamente perversa, em que o caçador acaba caçado e Tanizaki labora sobre um motivo recorrente: a mulher fatal. [...] É um daqueles (tão poucos) romances que redimem horas infindáveis perdidas a ler autores medianos.»
Mário Santos, Público

Naomi

de Junichiro Tanizaki

Propriedade Descrição
ISBN: 9789727089437
Editor: Relógio D'Água
Data de Lançamento: julho de 2007
Idioma: Português
Dimensões: 153 x 228 x 15 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 220
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789727089437
e e e E E

Obsessão

Márcia Lopes

Conta a história de Joji que se apaixona por Naomi. Sendo que no ínicio tenta educada-lá a sua maneira. Ou seja, formatar a Naomi a sua maneira. Mas pior emenda que o soneto. Uma obsessão sem limites. Esta história faz-me lembrar o livro "Travessuras da má menina. Recomendo!

e e e e e

Muito bom

Maria Mayu

É um livro facil de ler e muito interessante, no final fiquei dívida se gostava das personagens ou se achava elas irritantes, mostra que não somos perfeitos e que nem tudo é o que parece ser.

e e e e e

Um livro que mexe com nossas verdades e nos tira da zona de conforto

R.Tr.

Este livro me deixou muito incomodada. E isso é ótimo. As personagens principais, Naomi e Joji, são, num primeiro momento, estranhas para nós, ocidentais. Depois se tornam familiares - talvez porque se ocidentalizem? Sobretudo, incomoda muito sua maneira de estar no mundo. Ainda estou dividida sobre o que penso das personagens, mas tenho certeza de que este é um grande livro e que deve ser lido justamente porque nos tira da zona de conforto.

Junichiro Tanizaki

Junichiro Tanizaki , um dos mais importantes escritores japoneses de sempre, nasceu em 1886, em Tóquio, onde a sua família era proprietária de uma tipografia.
Estudou literatura japonesa na Universidade Imperial de Tóquio. Recebeu o Imperial Award for Cultural Merit, em 1949. Em 1964, foi eleito Membro Honorário da American Academy e do National Institut of Arts and Letters, sendo o primeiro escritor japonês a receber essa honra. Tanizaki morreu em 1965.

(ver mais)
A Beleza e a Tristeza

A Beleza e a Tristeza

Dom Quixote
15,90€
portes grátis