10% de desconto

Na Margem da Alegria

Poemas escolhidos por Manuel Gusmão

de Ruy Belo

editor: Assírio & Alvim, novembro de 2011
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

«Será que, ao intitular uma antologia da obra poética de um poeta, não corremos […] esse risco, o da sobre-interpretação, ou um outro semelhante? Esse risco não está já presente na simples escolha que se fez para constituir a antologia? É evidente que sim. No que à escolha diz respeito procurámos evitá-lo, guiando-nos pelo nosso gosto pessoal, mas tendo também em conta momentos (poemas) que a tradição crítica tem privilegiado na leitura de Ruy Belo. Quanto ao título, procurámos encostá-lo a outros usados pelo poeta.»
Manuel Gusmão

«Poeta consciente dos seus processos e da dimensão de artesania do seu trabalho, Ruy Belo é frequentemente tomado pelo arrebatamento e pela veemência. Tendo aprendido com Eliot e Pessoa a íntima relação entre vir numa tradição e conquistar a singularidade, a sua poesia pode tornar-se uma poesia da poesia e, entretanto, assumir-se como risco corrido na linguagem, ou seja, aventura que na linguagem se expõe e corre riscos. É que na sua obra vibra de uma ponta a outra uma inquietação que começou por ser religiosa e depois se despediu da crença e se tornou inquietação ontológica e metafísica, é certo, mas imanente à circunstância terrestre do humano, experiência do confronto entre a repetida e magoada descoberta da finitude da nossa condição e o compromisso insistente com o desejo da ilimitação do finito. Assim constantemente renasce e se expande essa conversa que se ergue na solidão e mais do que redimi-la a partilha connosco.
Essa conversa, sustentada por uma fala, que se desdobra como num intenso monólogo dramático, irónica ou comovida e comovente, é como se nos falasse ao ouvido, como se tivesse um segredo a dizer-nos e, contudo, embora esse segredo fosse já público, nós continuássemos a não saber qual fosse.»

Manuel Gusmão

Na Margem da Alegria

Poemas escolhidos por Manuel Gusmão

de Ruy Belo

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-37-1598-9
Editor: Assírio & Alvim
Data de Lançamento: novembro de 2011
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 212 x 21 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 224
Tipo de produto: Livro
Coleção: Grãos de Pólen / poesia escolhida por poetas
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 978972371598910
Ruy Belo

Ruy Belo nasceu em Rio Maior a 27 de fevereiro de 1933. Licenciou-se em Filologia Românica e Direito pela Universidade de Lisboa, mais tarde doutorando-se em Direito Canónico pela Universidade de S. Tomás de Aquino, em Roma. Lecionou no ensino secundário e foi leitor de português na Universidade de Madrid. Abarcando a crítica irónica da realidade social e a denúncia das diversas problemáticas que equacionam o ser humano, desde a sua vivência espiritual e religiosa até ao envolvimento concreto e existencial, a sua poesia é um dos maiores marcos na literatura portuguesa. Destacam-se os livros Aquele Grande Rio Eufrates (1961), País Possível (1973) ou Toda a Terra (1976). Morreu precocemente, vítima de um edema pulmonar, a 8 de agosto de 1978.

(ver mais)
Poesia, Saudade da Prosa

Poesia, Saudade da Prosa

10%
Assírio & Alvim
13,30€ 10% CARTÃO
Tentativa e Erro

Tentativa e Erro

10%
Assírio & Alvim
22,20€ 10% CARTÃO
portes grátis
Todos os Poemas

Todos os Poemas

10%
Assírio & Alvim
48,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
País Possível

País Possível

10%
Assírio & Alvim
12,20€ 10% CARTÃO
Tentativa e Erro

Tentativa e Erro

10%
Assírio & Alvim
22,20€ 10% CARTÃO
portes grátis
Véspera da Água

Véspera da Água

10%
Assírio & Alvim
11,10€ 10% CARTÃO