10% de desconto

Jazz em Cascais

Uma História com 80 anos

de João Moreira dos Santos

editor: Casa Sassetti, julho de 2009
VENDA O SEU LIVRO i
Esta é a história de uma longa tradição: a tradição de 80 anos de jazz no concelho de Cascais. Uma história com muitas histórias assente num triângulo hot formado pela paixão de Erico Braga, Luís Villas-Boas e Duarte Mendonça, pela grande música negra norte-americana.

Jazz em Cascais

Uma História com 80 anos

de João Moreira dos Santos

Propriedade Descrição
ISBN: 9789899516830
Editor: Casa Sassetti
Data de Lançamento: julho de 2009
Idioma: Português
Dimensões: 203 x 257 x 16 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 176
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Música
EAN: 9789899516830
e e e e E

Muito bom

João Manuel Aristides Duarte

Bom livro para quem quiser saber tudo sobre os Festivais de Jazz de cascais (e não só)

João Moreira dos Santos

Natural de Lisboa, tem doutoramento em Ciências da Comunicação (ISCTE). É autor de dez livros sobre a história do jazz em Portugal, obras representadas nas coleções da Library of Congress, New York Public Library, British Library, Bibliothèque Nationale de France e nas bibliotecas das universidades de Harvard, Yale, Princeton e Columbia. É também autor do programa radiofónico diário Jazz a Dois (Antena 2), o qual soma mais de 2500 episódios emitidos e foi distinguido em 2019 pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) como "Melhor programa de rádio". Na imprensa, colabora há trinta anos em periódicos como Expresso, Visão História, Blitz, A Capital, Jornal de Letras, etc.. Em 2003, fundou o blogue Jazz no País do Improviso! Em televisão, participou, como convidado, em três documentários exibidos na RTP2: A Tensão Jazz (2010), Estética, Propaganda e Utopia no Portugal de António Ferro (2012) e Luís Villas-Boas: A Última Viagem (2024). Tem concebido e produzido vários musicais (Teatro da Trindade), diversas exposições (Biblioteca Nacional, Centro Cultural de Cascais, Assembleia da República), cursos, roteiros culturais (Centro Nacional de Cultura, Banco de Portugal, Câmara Municipal de Cascais) e documentários.
Criou também e produziu festivais e ciclos de referência, incluindo o Allgarve Jazz (Herbie Hancock, Chick Corea, Dee Dee Bridgewater, Gary Burtom, The Manhattan Transfer, etc.) e o Dose Dupla (CCB). O seu programa de divulgação do primeiro Dia Internacional do Jazz (2012) foi reconhecido internacionalmente pela UNESCO. Profissionalmente, é desde 2022 vice-presidente da Égide – Associação Portuguesa das Artes, tendo uma carreira de mais de trinta anos na área da comunicação como docente universitário e diretor em gabinetes ministeriais e em empresas multinacionais, nomeadamente a ABB e a Ericsson.

(ver mais)
Maria Viana - 30 anos de jazz

Maria Viana - 30 anos de jazz

10%
Casa Sassetti
9,90€ 10% CARTÃO
Ícones do Jazz

Ícones do Jazz

10%
Casa Sassetti
9,90€ 10% CARTÃO