editor: Casa das Letras
Um tesouro imenso, um novelo de recoradções, de emoções e de sentimentos do autor de "O Principezinho".
Este volume reúne um conjunto excepcional de textos inéditos de Saint-Exupéry, escritos entre 1925 e 1943: primeiras narrativas (Manon, dançando), prelecções, memórias de infância e da aviação, cartas diversas (a Louise de Vilmorin e a Natalie Paley), fragmentos de Correio do Sul e de Voo Nocturno. Todos eles permeados por uma meditação sobre o que pode conferir sentido à viagem e nos ligar ao lugar de onde vimos, estes textos ajudam a aproximar-nos da sensibilidade, das dúvidas morais e da obra de Saint-Exupéry.

Inclui: Manon, dançando / O Aviador / Em torno de Correio do Sul / Em torno de Voo Nocturno / Ao fim do dia fui ver o meu avião / O Piloto / Pode-se acreditar nos homens / Sete cartas a Natalie Paley

Inéditos

de Antoine de Saint-Exupéry

ISBN: 9789724619248
Editor: Casa das Letras
Idioma: Português
Dimensões: 154 x 234 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 222
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
EAN: 9789724619248
e e e e E

Surpreendente

Tiago Silva

Um livro que permite outra visão do autor para além do principezinho.

e e e E E

Um livro essencial para quem procura conhecer mais sobre o autor

T. R.

"Inéditos" é uma compilação onde consta vários escritos nunca antes editados na língua portuguesa, incluindo textos de ficção e não-ficção (cartas, memórias). É ideal para quem procura conhecer uma outra faceta do autor, aquela que não se encontra retratada na sua célebre obra "O Principezinho"; as suas angústias, a sua melancolia e as suas inquietudes.

Antoine de Saint-Exupéry

Antoine de Saint-Exupéry nasceu a 29 de junho de 1900 em Lyon. Faz o seu batismo de voo aos 12 anos, aos 22 torna-se piloto militar e é como capitão que em 1939 se junta à Força Aérea francesa em luta contra a ocupação nazi. A aviação e a guerra viriam a revelar-se elementos centrais de toda a sua obra literária, onde se destacam títulos como Correio do Sul (1929), o seu primeiro romance, Voo Noturno (1931), que logo se tornou um êxito de vendas internacional, e Piloto de Guerra (1942), retrato da sua participação na Segunda Guerra Mundial. Em 1943 publicaria aquela que é reconhecida como a sua obra-prima, O Principezinho, um dos livros mais traduzidos em todo o mundo. A sua morte, aos 44 anos, num acidente de aviação durante uma missão de reconhecimento no sul de França, permanece ainda hoje um mistério.

(ver mais)
Editora Guerra & Paz
55,00€ 10% CARTÃO
portes grátis