100%
editor: Assírio & Alvim, maio de 2012
DEVOLVEMOS 100% NA COMPRA DESTE ARTIGO - SAIBA MAIS i
Depois do brilhante Anthero, Areia & Água, distinguido com o Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes em 2010, surge agora De Amore. Sobre o autor escreveu António Carlos Cortez, no JL: «Armando Silva Carvalho é uma das vozes poéticas mais impressionantes da atualidade[…]».

"De Amore estrutura-se em dois momentos: “Os Que Fazem o Amor” e “42 Canções entre e Portas”. O primeiro, em particular, marca o regresso de uma poesia de poderosa imagética e impecável gestão do trabalho metafórico. São poemas em que se revisitam e se revolucionam redes de sentido em que o mundo animal – “os cães de amor” (p. 13) – volta a ter uma clara preponderância, como veículo privilegiado para a representação da pulsão amorosa. […] O que estes versos buscam é fundamentalmente o amor: na sua visceralidade […] na sua imponderabilidade. […] À cuidadosa exuberância da primeira respiração de De Amore, que testa “a tessitura tensa /do desejo” (p.43), sucede o tom menor, obscuro, da derradeira […] Se a primeira se centra na raiz do erotismo, a segunda radica na antecipação do mal e na dor que se segue à sua consumação. O seu é um “espaço trágico” (p.72)."

Hugo Pinto Santos Ler

De Amore

de Armando Silva Carvalho

Propriedade Descrição
ISBN: 978-972-0-79306-5
Editor: Assírio & Alvim
Data de Lançamento: maio de 2012
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 205 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 80
Tipo de produto: Livro
Coleção: Poesia Inédita Portuguesa
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 978972079306510
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Armando Silva Carvalho

Armando Silva Carvalho nasceu em Olho Marinho, Óbidos, em 1938. Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, exerceu advocacia por pouco tempo, optando pelo jornalismo, pelo ensino, pela publicidade e pela tradução.
A sua obra tem vindo a ser reconhecida pela crítica e distinguida com diversos prémios, como o Grande Prémio de Poesia APE, o Prémio PEN Clube, o Prémio Fernando Namora, o Grande Prémio DST Literatura e o Prémio Casino da Póvoa / Correntes d’Escritas, para citar apenas alguns.

(ver mais)