Compêndio de Literatura Grega

de Jacqueline De Romilly

editor: Edições 70
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Epopeia, retórica, teatro, filosofia, história, poesia, romance, a literatura grega antiga, ponto de partida de todas as literaturas europeias, vai de descoberta em descoberta. De Homero a Plutarco, a obra de Jacqueline de Romillv cobre este vasto período do «milagre grego», com especial incidência nas épocas de maior florescimento, e mostra a dinâmica de que está imbuída esta literatura, facultando, para cada obra, os instrumentos de análise que a permitem compreender melhor.

Compêndio de Literatura Grega

de Jacqueline De Romilly

ISBN: 9789724415543
Editor: Edições 70
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 233 x 18 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 374
Tipo de produto: Livro
Coleção: Compêndio
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > História da Literatura
EAN: 9789724415543
Jacqueline De Romilly

Jacqueline De Romilly nasceu em Chartres, em 1913, filha de Maxime David, professor de Filosofia, e de Jeanne Malvoisin. Casou-se em 1940 com Michel Worms de Romilly. Estudou em Paris no liceu Molière, onde foi laureada no concurso geral no primeiro ano em que as mulheres puderam concorrer, no liceu Louis-le-Grand, na l’École normale supérieure e, finalmente, na Sorbonne. Doutorada em Letras e professora agregada de Letras, deu aulas em vários liceus, tendo mais tarde leccionado Língua e Literatura Gregas nas universidades de Lille (1949-1957) e na Sorbonne (1957-1973), antes de ser nomeada professora no Collège de France em 1973, a primeira mulher a conseguir tal distinção, para a cadeira «A Grécia e a formação do pensamento moral e político». Desde o início que Romilly se dedicou à literatura grega clássica, ensinando e escrevendo, fosse sobre os autores do período clássico (como Tucídides, sobre quem fez a sua tese de doutoramento, e os tragediógrafos) ou sobre a história das ideias e da análise progressiva do pensamento grego (a lei, a democracia, a bondade, e até o ensino). Alguns dos seus livros resultam deste quadro académico e humanista. Depois de ter sido a primeira mulher a leccionar no Collège de France, Jacqueline de Romilly foi a primeira mulher membro da Académie des inscriptions et belles-lettres (1975), à qual viria a presidir no ano de 1987. Foi também membro correspondente ou estrangeiro de diversas academias, como a da Dinamarca, a Academia Britânica, a de Viena, de Atenas, a Academia da Baviera, a holandesa, a Academia de Nápoles, de Turim, Génova, a Academia Americana de Artes e Ciências, bem como de diversas Academias provinciais e Doutora honoris causa das universidades de Oxford, Atenas, Dublin, Heidelberg, Montréal e Yale. Foi distinguida pelo Estado austríaco com a condecoração para a Ciência e as Artes e recebeu diversos prémios, entre eles o Prémio Ambatiélos, da Académie des inscriptions et belles-lettres (1948), o Prémio Croiset, do Institut de France (1969), o Prémio Langlois, da Académie française (1974), o Grande Prémio da Academia, atribuído pela Académie française (1984), o Prémio Onassis (Atenas, 1995), entre diversos outros prémios gregos, dos quais se destaca o Prémio do Parlamento Grego em 2008, país de que obteve a nacionalidade em 1995. Jacqueline de Romilly faleceu a 18 de Dezembro de 2010, com 97 anos.

(ver mais)
Edições 70
16,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Edições 70
23,31€ 25,90€
portes grátis
Oxford University Press
66,95€ 10% CARTÃO
portes grátis
CORNELL UNIVERSITY PRESS
36,04€ 10% CARTÃO
portes grátis
Publicações Europa-América
8,90€ 10% CARTÃO
Envio até 10 dias úteis
Edições Minerva Coimbra
14,00€ 10% CARTÃO