Caviar é uma Ova

de Gregório Duvivier

editor: Tinta da China
Neste livro, Duvivier transita magistralmente entre ficções, memórias de infância, exercícios de estilo, artistas que o influenciaram, a situação política esquizofrénica que se vive no Brasil e no mundo, sempre com um sentido de humor acutilante e provocador. O livro reúne crónicas publicadas no jornal Folha de S. Paulo entre 2013 e 2015.

Caviar é uma Ova

de Gregório Duvivier

ISBN: 9789896712785
Editor: Tinta da China
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 209 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Crónicas
EAN: 9789896712785
e e e E E

Duvivier a lembrar Monthy Python

Helder Raimundo

Regressar a Gregorio Duvivier, e ao seu livro de crónicas «Caviar é uma Ova» (belo título), é uma experiência interpretativa interessante. Por que razão regressamos a alguns livros, é uma boa questão. Pragmatismo, acesso ao livro, escolha casual para o estímulo noturno do sono? O livro, editado em 2015 pela Tinta da China, reúne as crónicas do humorista no jornal Folha de S. Paulo, entre julho de 2013 e agosto de 2015 e é uma escrita cuidada mas coloquial, vernacular mas ideológica. Já conhecia o autor do coletivo Porta dos Fundos, crítica inteligente e teatro do absurdo, que lembrava, nalguns ‘sketchs’, os Monty Python. O coletivo deixou a direita e os neofascistas brasileiros em polvorosa e, em tempos, um dos seus argumentistas colaboradores foi mesmo assassinado. Interessante, é verificar as premonições das crónicas sobre o regresso da nomenclatura conservadora e ditatorial nas instituições democráticas brasileiras. Bolsonaro, ainda imberbe e desconhecido politicamente, é um dos visados pelo humor corrosivo de Gregorio. Talvez por tudo isto a sua releitura nos tenha parecido menos inovadora!

e e e E E

Escrita ligeira sobre a realidade brasileira e problemas mundanos

VC

Penso que é necessário algum background sobre a atualidade brasileira para tirar todo o potencial deste livro. A escrita é interessante e cria empatia sobre as situações que tocam a todos nós.

e e e e e

Brutal

Álvaro Ferreira

Sem dúvida que o Gregório é um multiman show e quer seja em teatro, tv, internet e agora que eu conheci, até na escrita é incrível! Sem dúvida, um dos melhores livros de crónicas que li.

Gregório Duvivier

Gregório Duvivier (Rio de Janeiro, 1986) é ator, poeta, torce pelo Fluminense e criou, juntamente com amigos, a Porta dos Fundos. Vive no Rio de Janeiro e escreve para a Folha de São Paulo. Tentou escrever para a Folha do Rio de Janeiro, mas ela não existe. Deformou-se em Letras na PUC-Rio, e com as letras que aprendeu criou palavras, como por exemplo a palavra «Pilanco», que quer dizer «Pancebo», que não quer dizer nada. Caviar É Uma Ova é o quarto livro que publica, e o terceiro livro que lê.

(ver mais)
Tinta da China
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Tinta da China
14,90€ 10% CARTÃO