Carta ao Pai

de Franz Kafka

editor: Coisas de Ler, agosto de 2007
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Num esforço alucinado de análise e confrontação, Franz Kafka escreve ao pai, de quem se encontrava afastado há muito tempo. É um texto onde ele explora de forma desesperada, a busca de uma expiação na relação desde a infância com o seu pai, onde não assume culpas, mas pretendendo atingir a sua reabilitação.

Carta ao Pai

de Franz Kafka

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728710170
Editor: Coisas de Ler
Data de Lançamento: agosto de 2007
Idioma: Português
Dimensões: 138 x 205 x 7 mm
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
EAN: 9789728710170
e e e E E

Carta que nunca foi enviada por MEDO

Margarida Bomba

Livro de leitura facil e acessível. Um facto interessante a carta nunca foi enviada e o motivo está nas primeiras linhas da própria carta:Tu me perguntaste recentemente por que afirmo ter medo de ti. Eu não soube, como de costume, o que te responder, em parte justamente pelo medo que tenho de ti, em parte porque existem tantos detalhes na justificativa desse medo, que eu não poderia reuni-los no ato de falar de modo mais ou menos coerente. O escritor mostra a viva e dolorosa relação familiar, que deixa nas entrelinhas a gigantesca influência do pai em toda a sua obra. Tive a oportunidade de ler este livro em conjunto com o meu filho mais novo , a qual foi uma experiencia muito enriquecedora

Franz Kafka

Franz Kafka nasceu em 1883, em Praga, no seio de uma família da pequena burguesia judia de expressão alemã. Começou a escrever os seus primeiros textos em 1904. Em 1906, terminou os seus estudos universitários, doutorando-se em Direito. Em vida, publicou apenas sete pequenos livros e alguns textos em revistas. De entre estes livrinhos e textos, destaca-se A Metamorfose, que veio a lume em 1915. Esta pequena novela viria a afirmar-se como uma das suas obras de referência. A 3 de junho de 1924, não resistindo à tuberculose diagnosticada em 1917, morre em Kierling, a poucos quilómetros de Viena, deixando três romances fragmentários, que seriam publicados postumamente pelo seu amigo e testamenteiro Max Brod: O Processo (1925), O Castelo (1926) e América (1927), a que se seguiram volumes com contos, cartas e diários. A sua obra, centrada no homem solitário moderno, refém de uma vida absurda, tornar-se-ia uma das mais influentes do mundo literário do século xx.

(ver mais)
A Metamorfose

A Metamorfose

10%
BIS
5,95€ 10% CARTÃO
A Metamorfose

A Metamorfose

30%
Porto Editora
9,76€ 20% + 10% CARTÃO
Cartas da Guerra

Cartas da Guerra

10%
Dom Quixote
20,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Vozes de Chernobyl

Vozes de Chernobyl

30%
Elsinore
15,56€ 20% + 10% CARTÃO
portes grátis