50% de desconto

Diário - 1915-1926 eBook

de Virginia Woolf

Livro eBook
editor: Bertrand Editora, junho de 2018
FEIRA DO LIVRO – VER EBOOKS EM PROMOÇÃO i
Entre 1915 e 1926, Virginia Woolf escreveu regularmente e em grande detalhe sobre os pequenos e grandes acontecimentos do seu dia a dia - marcado no panorama nacional e internacional pelos esforços da Primeira Guerra Mundial e mudanças políticas sísmicas, e na esfera privada por perdas, conflitos, momentos de grande criatividade e também de grande sofrimento, ensombrados pela doença mental.

Este diário, anotado e enriquecido com cartas e ensaios de Virginia Woolf, permite-nos conhecer de forma íntima e sem filtros os pensamentos de um dos maiores nomes da literatura, com rasgos líricos surpreendentes e passagens de uma inteligência acutilante.

Diário - 1915-1926

de Virginia Woolf

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722536813
Editor: Bertrand Editora
Data de Lançamento: junho de 2018
Idioma: Português
Páginas: 552
Tipo de produto: eBook
Formato e Compatibilidade:
Classificação temática: eBooks em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789722536813
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

O verdadeiro lado

Marília Correia de Barros

Quem gosta de ler os livros de Virginia Woolf não pode deixar de ler os seus diários. Neles está bem espelhada a mente, por vezes, muitas vezes, conturbada de tão notável escritora, permitindo ao leitor compreender o que se esconde por detrás de tão ilustre escritora que marcou decisivamente a literatura do século XX.

Virginia Woolf

Virginia Woolf nasceu em Londres a 25 de janeiro de 1882, filha de Sir Leslie Stephen, escritor e historiador ilustre da Inglaterra vitoriana. Desde cedo ligada a grupos de intelectuais, casou em 1912 com Leonard Woolf e com ele fundou a editora Hogarth Press, responsável pela revelação de autores como Katherine Mansfield e T. S. Eliot e pela publicação das suas próprias obras. Reconhecida como uma das mais proeminentes figuras do modernismo britânico, destacam-se entre os seus trabalhos os romances Mrs Dalloway (1925), Orlando (1928) e As Ondas (1931), assim como o ensaio Um Quarto que Seja Seu (1929). Após sucessivas crises depressivas e não suportando o isolamento provocado pelo agravar da Segunda Guerra Mundial, suicida-se a 28 de março de 1941, em Lewes.

(ver mais)
A Viúva e o Papagaio

A Viúva e o Papagaio

10%
Porto Editora
7,75€ 10% CARTÃO
Um Quarto Só Seu

Um Quarto Só Seu

10%
Penguin Clássicos
9,95€ 10% CARTÃO
Renascer

Renascer

eBook
10%
Quetzal Editores
11,99€ 10% CARTÃO