Viagens na Minha Terra

de Almeida Garrett

editor: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda, março de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

"O desejo máximo desta edição, destinada naturalmente a leitores exigentes, é que, oferecendo-lhes um texto estabelecido com a preocupação do rigor ecdóctico e da oferta da máxima informação conseguida sobre a maturação por que passou nas mãos do autor, se torne, para os estudiosos da literatura e da língua, um instrumento de trabalho seguro e enriquecedor, digno do lugar axial que Garrett ocupa no património das nossas Letras e da nossa Cultura. Foram determinantes para o lançamento desta edição crítica o apoio recebido da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a aceitação pela Imprensa Nacional – Casa da Moeda, da pesada tarefa editorial, a boa vontade da Universidade de Coimbra (em particular da Biblioteca Geral, onde se encontra o grande espólio de Garrett, e da Faculdade de Letras, à qual pertence a Sala Ferreira Lima – sede do nosso trabalho -, também muito rica em textos garrettianos e do século XIX português): a todas estas instituições dirigimos um vivo agradecimentos, que também endereçamos ao Prof. Ivo de Castro, pelo criterioso e infatigável aconselhamento com que nos ajudou a ponderar orientações e dúvidas." OFÉLIA PAIVA MONTEIRO.

Viagens na Minha Terra

de Almeida Garrett

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722716697
Editor: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda
Data de Lançamento: março de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 238 x 33 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 536
Tipo de produto: Livro
Coleção: Obras de Almeida Garrett
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Filosofia
EAN: 9789722716697
Almeida Garrett

Nascido no Porto, a 4 de fevereiro de 1799, João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett foi um dos escritores mais completos no panorama das letras portuguesas. Formado em Leis pela Universidade de Coimbra, apoia, no último ano do curso, a causa da revolução liberal de 1820, exilando-se consequentemente em Inglaterra e França. Neste seu afastamento, publica os dois títulos fundadores do Romantismo português: Camões (1825) e D. Branca (1826). No entanto, é depois do regresso definitivo a Portugal, em 1836, que se mostra mais profícuo, escrevendo um conjunto de obras, das quais se destacam a peça trágica Frei Luís de Sousa (1843), as inclassificáveis Viagens na Minha Terra (1846), ou os ousados versos de Folhas Caídas (1853). Aliado ao escritor está ainda Garrett, o homem cívico, que contribui para a redação da Constituição de 1838, funda o Conservatório de Arte Dramática e encabeça o projeto de edificação do Teatro Nacional D. Maria II. Almeida Garrett morre em Lisboa, a 9 de dezembro de 1854.

(ver mais)
A Nau Catrineta e Bela Infanta

A Nau Catrineta e Bela Infanta

10%
Porto Editora
6,65€ 10% CARTÃO
Frei Luís de Sousa

Frei Luís de Sousa

10%
Porto Editora
9,99€ 10% CARTÃO