Um Crime no Expresso do Oriente

Um Mistério de Hercule Poirot N.º 3

de Agatha Christie

Livro eBook
editor: Edições Asa, novembro de 2016
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Pouco depois da meia-noite, um nevão obriga o Expresso do Oriente a parar. O luxuoso comboio está cheio. Ninguém pode sair ou entrar. A tempestade prolonga-se pela noite fora… e a manhã traz uma notícia inquietante: um dos passageiros foi assassinado durante o sono. Sem recurso a ajuda do exterior, Hercule Poirot aceita o caso. Há muitas pistas e ainda mais suspeitos, e todos eles estão encurralados na neve. Com a tensão a aumentar, o detetive faz uso das suas celulazinhas cinzentas… e descobre o segredo de um crime perfeito.

Hercule Poirot é o personagem mais famoso de Agatha Christie. Este agente reformado da polícia belga é um detetive brilhante, pomposo e de aparência extravagante. Os seus métodos de investigação são únicos e infalíveis. Não há mistério que resista às famosas "celulazinhas cinzentas" de Poirot.

Quer saber mais? Leia já estas 13 curiosidades sobre Agatha Christie no wookacontece , o blog literário da wook.

Um Crime no Expresso do Oriente

Um Mistério de Hercule Poirot N.º 3

de Agatha Christie

Propriedade Descrição
ISBN: 9789892337005
Editor: Edições Asa
Data de Lançamento: novembro de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 141 x 215 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 304
Tipo de produto: Livro
Coleção: Um Mistério de Hercule Poirot
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
EAN: 9789892337005
e e e e e

5 estrelas!

Ana Margarida Silva

É um livro para todas as idades! Super interessante e cativante! Recomendo vivamente!

e e e e e

Mistério

ElsaDantas

Hercule Poirot está numa viagem de comboio, que está invulgarmente lotado para aquela época do ano. Quando se vêm encalhados a meio da viagem devido à neve, o impensável acontece e um dos passageiros aparece morto. Sendo Poirot um detetive famoso, a sua ajuda é solicitada para resolverem este mistério. Adorei a leitura, é o segundo livro que leio da autora e não sei de qual gostei mais. Poirot é incrivel, sabe todas as técnicas para desvendar as matreirices do criminoso e faz tudo isso diante dos nossos olhos, o que faz com que assim que o caso seja resolvido entendamos tudo. E confesso que criei bastantes teorias, mas não esperava por este final incrivel.

e e E E E

O verdadeiro crime é a quantidade de erros nesta edição…

Mariana M

Uma história deveras intrigante. Compreendo perfeitamente porque se trata de um clássico! No entanto, esta edição é completamente vergonhosa. Encontrei pelo menos 13 erros neste livro (mais do que todos os outros livros que já li combinados!). Como é que tantos erros passaram por um tradutor e um editor?! Falta de pontuação, frases que supostamente são falas em que o tradutor se esqueceu de colocar travessão, parágrafos que *não* são falas a começar incorretamente com travessão, nomes de personagens escritos com erros (por exemplo, a personagem “Cyrus” foi chamada “Cirus” algumas vezes), até houve uma frase que foi cortada a meio e recomeçou no parágrafo seguinte! Pressionaram “Enter” acidentalmente a meio de uma frase e ninguém corrigiu! Estes erros tornaram o livro incompreensível a certas alturas, e é completamente inaceitável uma editora vender um livro que não foi editado nem corrigido. É pena, porque as ilustrações das capas destas novas edições são fantásticas e eu adoraria colecioná-las, mas recuso-me a comprar mais livros cheios de erros básicos que simplesmente existem porque o tradutor e editor são desleixados e não se preocupam com o seu trabalho. Leitores: se tencionam ler este clássico, por amos de deus, comprem outra edição, pois esta é miserável.

e e e e e

Clássico

Ana

Não é por mero acaso que esta escritora é considerada a rainha dos policiais. O livro está tão bem redigido e o enredo tão bem pensado que ficamos presos até às últimas páginas sem conseguir desvendar o mistério. Desnecessário será dizer que ao longo das páginas sentimo-nos o próprio detetive a analisar todas a informações. É um magnífico livro para descobrir a escrita da escritora.

e e e e e

Uma Aventura de Hercule Poirot

Carlos Pereira

Um clássico intemporal de Agatha Christie que é sempre agradável Revisitar

e e e e e

Um Crime no Expresso do Oriente

Dália

No que a crime e mistério diz respeito, Agatha Christie, mais concretamente, o “seu” detetive Hercule Poirot, é de longe o meu favorito, e o livro não desiludiu “agarra-nos” da primeira à última página…

e e e e e

ABSOLUTAMENTE!

Marta

Provavelmente, o mais conhecido de Agatha Christie... e não é para menos... desde o início até ao fim, bom, muito bom!

e e e e e

Crítica ao expresso do oriente

João Calarrão

Este é um dos melhores livros que li até hoje, uma história cheia de mistério e com um final surpreendente sem dúvida muito bem escrito e com personagens muito bem pensadas.

e e e e e

Surpreendente!

Adriana Pereira

O primeiro livro de Agatha Christie que eu li, e não me desiludiu!! Edição muito bonita e história ainda melhor :)

e e e e E

Um dos clássicos

Nelson Rodrigues

Personagens, história... Lindo!!! Quando se começa a ler, vai querer ler até ao fim! Como só devem ser lidos os livros dela, é o meu primeiro livro da Agatha Christie, o belíssimo Um Crime no Expresso do Oriente. Policialmente luxuoso ;)

e e e e e

O crime mais conhecido da literatura

Diogo

O Crime no Expresso do Oriente é, sem margem para dúvidas, a obra mais conhecida de Agatha Christie. Nesta nova edição da ASA com um design mais juvenil e colorido, esta é uma obra indispensável para todos os amantes de literatura policial. Adaptada ao cinema por várias vezes, este é, definitivamente, uma das obras de literatura do século XX. A não perder.

e e e e E

Um clássico que vale a pena conhecer

João Bernardes

Tenho todos os livros desta nova coleção da ASA. O formato é muito apelativo e recomendo, sobretudo a leitores jovens. Eu sei que este livro, "Um crime no Expresso do Oriente", é bastante conhecido e um clássico da literatura e até do cinema. É um livro cheio de suspense e mistério, que estimula a imaginação. No entanto, não é um livro que me tenha agradado tanto como outros livros da coleção, como os Treze Enigmas ou o Mistério do Comboio Azul. Ou seja, não acho que seja o melhor livro para iniciados em Agatha Christie, mas para os apreciadores desta autora é obrigatório.

e e e e E

Gostei!

Carolina Gomes da Silva

Aventurei-me pelos livros da Agatha Christie, e não é que já foram três? Foram eles: As 10 Figuras Negras, Um Crime no Expresso do Oriente e O Natal de Poirot. Um Crime no Expresso do Oriente foi o primeiro, e por acaso. Já tinha ouvido falar neste livro mas não fazia ideia que era um dos melhores de Agatha Christie. Gostei, gostei muito, e foi o mote para ler mais alguns desta escritora ultra conhecida no mundo do policial e crime.

Agatha Christie

Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Durante a I Guerra Mundial, prestou serviço voluntário num hospital, primeiro como enfermeira e depois como funcionária da farmácia e do dispensário. Esta experiência revelar-se-ia fundamental, não só para o conhecimento dos venenos e preparados que figurariam em muitos dos seus livros, mas também para a própria conceção da sua carreira na escrita. Com o seu segundo marido, o arqueólogo Max Mallowan, Agatha viajaria um pouco por todo o mundo, participando ativamente nas suas escavações arqueológicas, nunca abandonando contudo a escrita, nem deixando passar em claro a magnífica fonte de conhecimentos e inspiração que estas representavam.
Autora de cerca de 300 obras (entre romances de mistério, poesia, peças para rádio e teatro, contos, documentários, uma autobiografia e seis romances publicados sob o pseudónimo de Mary Westmacott), viu o seu talento e o seu papel na literatura e nas artes oficialmente reconhecidos em 1956, ano em que foi distinguida com o título de Commander of the British Empire. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de janeiro de 1976. Em 2000, a 31st Bouchercon World Mistery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Autora de Livros Policiais do Século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.

(ver mais)
O Enigma do Sapato

O Enigma do Sapato

10%
Edições Asa
12,50€ 10% CARTÃO
Jogo Macabro

Jogo Macabro

10%
Edições Asa
12,50€ 10% CARTÃO
O Assassinato de Roger Ackroyd

O Assassinato de Roger Ackroyd

10%
Edições Asa
11,25€ 12,50€
No Início, Eram Dez...

No Início, Eram Dez...

10%
Edições Asa
13,50€ 10% CARTÃO