10% de desconto

Senhora dos Afogados

de Nelson Rodrigues

idioma: português do brasil, português
editor: Editora Nova Fronteira, junho de 2004
A estréia da atriz Nathalia Timberg (no papel de Dona Eduarda, a mãe) dividiu o público no Teatro Municipal em 1954. Ao final da apresentação, dirigida por Bibi Ferreira, parte da platéia gritava "Gênio" e outra, "Tarado" – o que fez Nelson subir ao palco para chamar de "burros" a segunda metade. A peça foi censurada em 1953 e só foi liberada no ano seguinte graças à interferência do jornalista Otto Lara Resende, amigo de Nelson e do então recém-nomeado ministro da Justiça do segundo governo Getúlio Vargas, Tancredo Neves. O texto conta a história da família Drummond, assombrada pela morte das filhas por afogamento, pelo incesto e pelo assassinato de uma prostituta no passado, atribuído a Misael, o pai.

Senhora dos Afogados

de Nelson Rodrigues

Propriedade Descrição
ISBN: 9788520916162
Editor: Editora Nova Fronteira
Data de Lançamento: junho de 2004
Idioma: Português do Brasil, Português
Dimensões: 118 x 179 x 5 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 110
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Artes de Palco Livros em Português > Literatura > Teatro (Obra)
EAN: 9788520916162
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Nelson Rodrigues

Nelson Rodrigues é um mito do século xx brasileiro, e um dos escritores mais prolíferos e aclamados. Nasceu no Recife em 1912, mudando-se em 1916 para o Rio de Janeiro, cidade que seria o cenário privilegiado de toda a sua obra. Começou a trabalhar como jornalista aos 13 anos, logo na secção policial, num jornal fundado pelo pai, e nunca mais parou. Fez da crónica e da escrita um hábito diário e destacou-se em todos os géneros literários, pela qualidade e pela quantidade: escreveu 17 peças de teatro, nove romances e milhares de páginas de contos e crónicas, que mais tarde deram origem a várias edições de textos reunidos, assim como a adaptações para teatro, cinema e televisão. Idolatrado e odiado, politicamente conservador, Nelson Rodrigues tanto apoiou a ditadura militar brasileira como foi, mais tarde, defensor acérrimo das suas vítimas. Reacionário assumido, desencadeou sempre sentimentos fortes, não só devido à sua obra como também à sua vida pública e privada. Morreu no Rio de Janeiro em 1980.

(ver mais)
O Casamento

O Casamento

10%
Tinta da China
19,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Viúva, Porém Honesta

Viúva, Porém Honesta

10%
Editora Nova Fronteira
6,89€ 10% CARTÃO
Teatro da Obsessão - Nelson Rodrigues

Teatro da Obsessão - Nelson Rodrigues

10%
Global
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis