10% de desconto

Roriz

Uma quinta no coração do Douro

de Gaspar Martins Pereira

editor: Edições Afrontamento, outubro de 2011
VENDA O SEU LIVRO i
Desde a presença romana até aos nossos dias, o livro cruza a vida da Quinta de Roriz com as famílias, a política e a economia do Douro e de Portugal, com a longa história dos vinhos do Douro e do Porto. Especialista da história da região duriense, o autor segue o percurso milenar da Quinta de Roriz, observando a passagem da agricultura tradicional de subsistência para a vitivinicultura moderna, os tempos de crise e de prosperidade, as novidades e as rotinas no ciclo da vinha, as relações entre a viticultura e o comércio de vinhos e a integração dos vinhos do Douro na economia mundial. E, simultaneamente, a construção e as vicissitudes da Região Demarcada, desde a época do Marquês de Pombal até aos tempos recentes, passando pelo conturbado desastre da filoxera, atravessando a crise comercial e as alterações institucionais do final da Monarquia e da Primeira República, o modelo corporativo da ditadura e as transformações rápidas das últimas décadas.

«A história da Quinta de Roriz, passando várias vezes de mãos e de destino, pertencendo a famílias locais, durienses, portuguesas e estrangeiras, é um bom exemplo do que pode ter acontecido tantas vezes. Numa região partilhada e dividida em milhares de parcelas e habitada por uma miríade de pequenos produtores, as quintas desempenharam desde cedo um papel decisivo, seja como centros de atracção e de estabilidade produtiva, seja como sítios de permanente troca entre produtores, produtos, trabalho e serviços. O fraco povoamento do Douro foi resultado de vários factores, desde as condições climáticas adversas à fraca produtividade dos solos. Mas também, mais tarde, pelas necessidades decorrentes do estabelecimento das vinhas, do aproveitamento dos solos e da organização da produção e do trabalho. Nesta permanente organização, as quintas do Douro foram os locais de ancoragem da produção económica local. Aldeias e vilas organizam a sociedade, geralmente longe do vale do rio Douro, mais nos altos e nos vales dos afluentes. Os solares dos nobres e fidalgos locais estão quase sempre localizados nas aldeias. Por sua vez, as quintas organizam a produção e a economia, em colaboração com os comerciantes de Gaia, do Porto e de Londres. A ponto de as grandes quintas terem também uma influência na vida das aldeias e das vilas. É nosso privilégio saber hoje como “funciona” uma quinta. Isto é, como a quinta resulta das estratégias de famílias e de grupos de empresas; mas também como a quinta impõe os seus interesses e contribui para a organização das famílias e das empresas. A história da Quinta de Roriz é uma história de quinta, certo. Mas é sobretudo uma história de gente. E uma história do Douro.»
António Barreto, do Prefácio

Roriz

Uma quinta no coração do Douro

de Gaspar Martins Pereira

Propriedade Descrição
ISBN: 9789723611922
Editor: Edições Afrontamento
Data de Lançamento: outubro de 2011
Idioma: Português
Dimensões: 168 x 232 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 496
Tipo de produto: Livro
Coleção: Edições Especiais
Classificação temática: Livros em Português > História > História de Portugal
EAN: 9789723611922
Gaspar Martins Pereira

Gaspar Martins Pereira é professor catedrático do Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais da Faculdade de Letras da UPorto. Foi cofundador e coordenador científico do GEHVID – Grupo de Estudos de História da Viticultura Duriense e do Vinho do Porto (1994-2001). Entre 2007 e 2011, dirigiu o CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço &Memória». Tem desenvolvido diversos projetos de investigação sobre história contemporânea portuguesa, em particular sobre a história da cidade do Porto no século XIX, a história da família e a história do vinho do Porto e da região do Alto Douro. Tem uma vasta obra publicada, de que se destacam: Alto Douro/Douro Superior (Lisboa, 1988), O Douro e o vinho do Porto de Pombal a João Franco (Porto, 1991), Famílias portuenses na viragem do século, 1880-1910 (Porto, 1995), O Douro de Domingos Alvão (Coimbra, 1995), Dona Antónia (Porto, 1996), No Porto Romântico, com Camilo (Porto, 1997), Porto Vintage (Porto, 1999), Memória do Rio – para uma história da navegação no Douro (Porto, 2001), Eduardo Santos Silva, cidadão do Porto (Porto, 2002), Sogrape: uma história vivida (Porto, 2003), Vinho do Porto (coord., Porto, 2003), O Douro Contemporâneo (org., Porto, 2006), As Águas do Douro (coord., Porto, 2008), Uma vida pela liberdade: Artur Santos Silva, 1910-2010 (Porto, 2010), Crise e Reconstrução. O Douro e o Vinho do Porto no século XIX (coord., Porto, 2010). Tem realizado, também, numerosas ações no domínio do património histórico-cultural, tendo participado, entre outros projetos, na preparação da candidatura do Alto Douro Vinhateiro a Património Mundial e na conceção e instalação do Museu do Douro, de que foi Diretor até 2007.

(ver mais)
Cerâmica Portuguesa e Outros Estudos

Cerâmica Portuguesa e Outros Estudos

10%
Editorial Presença
49,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
A Memória dos Bacalhoeiros

A Memória dos Bacalhoeiros

10%
Editorial Presença
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
J. H. Andresen

J. H. Andresen

10%
Edições Afrontamento
21,60€ 24,00€
portes grátis
História do Douro e do Vinho do Porto - Volume 5

História do Douro e do Vinho do Porto - Volume 5

10%
Edições Afrontamento
32,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Por Terras de Entre-Douro-e-Minho com as Inquirições de D. Afonso

Por Terras de Entre-Douro-e-Minho com as Inquirições de D. Afonso

10%
Edições Afrontamento
19,01€ 10% CARTÃO
portes grátis