10% de desconto

Relativismo Axiológico e Arte Contemporânea

De Marcel Duchamp a Arthur C. Danto - Critérios de Recepção Crítica das Obras de Arte

de Hélder Gomes

editor: Edições Afrontamento, abril de 2004
VENDA O SEU LIVRO i
O pluralismo e a permissividade criativa constituem talvez a característica mais marcante da arte das últimas décadas do século XX. Num movimento de aceleração dos seus ritmos e de desconstrução das suas estruturas tradicionais, a criação artística reflectiu de um modo particularmente agudo as transformações culturais da Modernidade. É diante da extrema pluralidade de modos de produzir e de experienciar a arte que, na contemporaneidade, nasce o problema do relativismo axiológico: poderemos, hoje, não estar perante o confronto de distintas e fundadas propostas de recepção crítica da arte ou do real, mas perante uma efectiva ausência de critérios de recepção. Ora, o movimento de questionamento interno conduzido pelas vanguardas do século XX exige um correlativo aperfeiçoamento dos instrumentos de recepção crítica: a Estética e a Crítica devem ser capazes de responder criativamente ao permanente refazer da identidade da arte.
Partindo da leitura crítica da obra plástica de Marcel Duchamp e da reflexão estética de Arthur C. Danto, este livro apresenta uma proposta de superação do relativismo axiológico. Mostrando como uma estética de cariz essencialista concorre para radicalizar o relativismo axiológico por homorreferencialidade, e assumindo o relativismo como condição da sua própria superação, propõe-se o conceito de Transcontextualidade e a valoração positiva dos índices de Heterorreferencialidade como critérios operativos de recepção crítica das obras de arte.

Relativismo Axiológico e Arte Contemporânea

De Marcel Duchamp a Arthur C. Danto - Critérios de Recepção Crítica das Obras de Arte

de Hélder Gomes

Propriedade Descrição
ISBN: 9789723607369
Editor: Edições Afrontamento
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 167 x 239 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 420
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biblioteca de Filosofia
Classificação temática: Livros em Português > Arte > História da Arte
EAN: 9789723607369
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

Arte de M. Duchamp

Ângela

Bom livro para a compreensão da arte de Duchamp e indispensável para perceber a História de Arte Contemporânea.

Hélder Gomes

H. G. Cancela nasceu em 1967. Publicou, entre outras obras, os romances Anunciação, De Re Rustica, Impunidade (Relógio D’Água), As Pessoas do Drama (Relógio D’Água), e o ensaio O Exercício da Violência. Em 2018 publicou A Terra de Naumãn.
A sua ficção explora situações-limite do relacionamento humano, como a culpa, a solidão, a dor, o incesto e a violência.
Em entrevista concedida a Isabel Lucas em finais de Julho de 2017, afirmava: «Para mim o essencial na literatura, no romance, é a construção de um espaço narrativo, a construção mesmo de um mundo. O mundo onde estamos e a partir do qual a realidade pareça verosímil, mesmo a mais inverosímil.»
É atualmente professor na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

(ver mais)
Investigações Estéticas

Investigações Estéticas

10%
Edições Afrontamento
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Real

O Real

10%
Edições Afrontamento
19,80€ 22,00€
portes grátis
A Noite das Barricadas

A Noite das Barricadas

10%
Relógio D'Água
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Exercício da Violência

O Exercício da Violência

10%
Companhia das Ilhas
13,00€ 10% CARTÃO
Paul Ricoeur e a Simbólica do Mal

Paul Ricoeur e a Simbólica do Mal

10%
Edições Afrontamento
7,57€ 10% CARTÃO
Investigações Estéticas

Investigações Estéticas

10%
Edições Afrontamento
15,00€ 10% CARTÃO
portes grátis