Rabos de Lagartixa

de Juan Marsé

editor: Campo das Letras, abril de 2003
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
As personagens inesquecíveis desta novela - como o par terno formado pelo adolescente David e o seu cão Faísca, o apaixonado inspector Galván, ou Rosa Bartra, a bela ruiva grávida - obedecem a uma tristeza e a uma trama histórica muito concretas, mas também à mentira dos sonhos, concretizada aqui nas aparições imaginárias de um pai libertário fugido à polícia e de um piloto pedante da RAF que, a partir de uma velha fotografia de revista colada na parede, age como confidente do fantasioso David.
Numa linguagem directa e translúcida que contrasta com uma profunda carga emotiva e moral, Rabos de Lagartixa revela uma estrutura narrativa tão sábia quanto imaginativa e mostra como são frágeis e ambíguos os limites entre a realidade e a ficção, a verdade e a mentira, o bem e o mal, o amor e a indiferença.

Rabos de Lagartixa

de Juan Marsé

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726106111
Editor: Campo das Letras
Data de Lançamento: abril de 2003
Idioma: Português
Dimensões: 209 x 136 x 33 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 360
Tipo de produto: Livro
Coleção: Campo da Literatura
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789726106111
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Juan Marsé

Juan Marsé (1933-2020) nasceu em Barcelona e passou a infância e juventude no bairro popular de Gracia.
Entre os 13 e os 26 anos trabalhou como operário numa oficina de joalharia.
A sua carreira literária começou em 1959, ano em que começou a publicar crónicas em revistas literárias e em que obteve o Prémio Sésamo de contos. Desde então publicou diversas obras, muitas delas premiadas: "Últimas Tardes com Teresa" (1966; Prémio Biblioteca Breve 1965), "Se Te Dicen que Caí" (1973, edição definitiva 1989; Prémio Internacional de Romance México), "La Muchacha de las Bragas de Oro" (1978; Prémio Planeta 1978), "Ronda del Guinardó" (1984; Prémio Ciudad de Barcelona), "El Amante Bilingue" (1990; Prémio Ateneo de Sevilha), "O Feitiço de Xangai" (1993; Campo das Letras 1995; Prémio da Crítica e Prémio Aristeion) e "Rabos de Lagartixa" (2000; Campo das Letras 2003; Prémio da Crítica e Prémio Nacional de Literatura, ambos em 2001). Foi ainda galardoado com o Prémio Juan Rulfo 1997 e o Prémio Internacional Unión Latina 1998. " Em 2008 foi-lhe atribuído o Prémio Cervantes.

(ver mais)
Mandrake

Mandrake

10%
Campo das Letras
12,95€ 10% CARTÃO
Romance Negro e Outras Histórias

Romance Negro e Outras Histórias

10%
Campo das Letras
12,95€ 10% CARTÃO
Rabos de Lagartixa

Rabos de Lagartixa

10%
Dom Quixote
17,50€ 10% CARTÃO
portes grátis
Essa Puta tão Distinta

Essa Puta tão Distinta

10%
Dom Quixote
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis