10% de desconto

Quo Vadis, Salazar?

Escritos do Exílio

de Tiago Salazar

editor: Escritório Editora, maio de 2015
Quo Vadis, Salazar? - Escritos do Exílio é uma compilação de textos produzidos numa Amesterdão palco de um exílio forçado vivido pelo autor, como forma de protesto contra a situação política e fiscal do seu país.
Crónicas, contos, micro-ficções, pensamentos, gente, um país vivido intensamente à distância, outro que é o de acolhimento, revisitações de autores para quem a Holanda foi tema de reflexões literárias, filosóficas e políticas, como Ramalho Ortigão ou J. Rentes de Carvalho, são o pano de fundo de um livro de cariz marcadamente pessoal, mas profundamente mundividente. O prefácio é de Onésimo Teotónio Almeida.

Quo Vadis, Salazar?

Escritos do Exílio

de Tiago Salazar

Propriedade Descrição
ISBN: 9789898507488
Editor: Escritório Editora
Data de Lançamento: maio de 2015
Idioma: Português
Dimensões: 147 x 207 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 232
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Crónicas
EAN: 9789898507488
Tiago Salazar

Nasceu em Lisboa, em 1972. Formou-se em Relações Internacionais e estudou Guionismo e Dramaturgia em Londres. É doutorando no Instituto de Geografia, com uma tese sobre A Volta ao Mundo, de Ferreira de Castro. Trabalha como jornalista desde 1991, atualmente como freelancer, tendo vencido o prémio Jovem Repórter do Centro Nacional de Cultura em 1995.
É formador de Escrita e Literatura de Viagens. Idealizou, escreveu e apresentou o programa Endereço Desconhecido, da RTP2.
Foi Bolseiro da Fundação Luso-Americana na cidade de Washington, em 2010.
Venceu o prémio Literatura na XVII Gala dos Prémios da revista Mais Alentejo, em 2018, com A Escada de Istambul.
É autor de: Viagens Sentimentais (2007), A Casa do Mundo (2008), As Rotas do Sonho (2010), Endereço Desconhecido (2011), Crónica da Selva (2014), Hei-de Amar-te Mais (2013), O Baú Contador de Histórias (2014), Quo Vadis, Salazar? Escritos do Exílio (2015), A Escada de Istambul (2016), que representou Portugal no Festival do Primeiro Romance de Chambéry, O Moturista Acidental (2017), A Orelha Negra (2019), A Fala-Barata (2020) e O Magriço.(2020).

(ver mais)
O Pirata das Flores

O Pirata das Flores

10%
Oficina do Livro
14,90€ 10% CARTÃO
A Fala-Barata

A Fala-Barata

10%
Âncora Editora
10,00€ 10% CARTÃO
Poeiras de Diasâ

Poeiras de Diasâ

10%
Rosa de Porcelana Editora
15,00€ 10% CARTÃO
Domadora de Camaleões

Domadora de Camaleões

10%
Oxalá Editora
12,50€ 10% CARTÃO