Pornopopeia

de Reinaldo Moraes

editor: Quetzal Editores, julho de 2011
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
O protagonista de Pornopopeia, é um produto do nosso tempo - um individualista atroz na busca incessante do prazer imediato. Antigo cineasta marginal (com uma única longa-metragem no currículo), Zeca, que não tem dinheiro e vive na base do improviso, precisa de fazer um spot publicitário sobre miúdos de frango. E não sabe por onde há-de começar. Por isso dá largas à sua voracidade (mais uma linha, mais um uísque, mais um engate) e entra numa espiral sexo, álcool e drogas de proporções épicas.
A linguagem radicalmente inventiva e explícita, o ritmo absolutamente estonteante e o humor feroz fazem de Pornopopeia uma narrativa visceral, uma fuga desenfreada rumo a parte nenhuma, um livro de excesso para uma era de excessos - um livro despudorado e politicamente incorrecto a que o leitor dificilmente resistirá.

«Algumas pessoas consideram o livro de Reinaldo, disparado, o melhor título brasileiro não só de 2009, mas dos últimos anos, ou até mesmo da década.»
Arnaldo Bloch, O Globo

«Pornopopéia recolocou Reinaldo Moraes com os dois pés na melhor literatura feita no país.»
Álvaro Costa e Silva, Ilustríssima

«Pornopopéia, antes de tudo, é de matar de rir.»
Alcir Pécora, Folha de S. Paulo

«Trata-se, antes, de desinteresse individual por qualquer coisa além de excitação químicosexual e, desde que no mesmo diapasão do prazer como fundamento da vida, de excitação literária.»
Alcir Pécora

«A Mais recente granada literária.»
Perry Anderson, London Review of Books

Pornopopeia

de Reinaldo Moraes

Propriedade Descrição
ISBN: 9789725649596
Editor: Quetzal Editores
Data de Lançamento: julho de 2011
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 234 x 34 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 584
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789725649596
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Ousado e arrojado

Ana

Personagens incríveis e um enredo bem construído, assim se resume este livro. Ao longo das páginas, iremos acompanhar Zeca, um cineasta cuja vida o levou para caminhos duvidosos. Uma escrita ousada e crua. O leitor não anda com rodeios, chegando a lembrar Bukowski.

e e e e E

Muito bom, muito divertido mas tão bardajão. Credo.

Ema Lucas

Confesso que li um terço, achei genial, mas dei por mim a achar que era xoxota a mais. Pode ser que lhe volte a pegar em doses moderadas.

e e e e E

Sombras de Grey mas em bom, muito bom.

Ricardo Vale

Não vou comentar muito sobre este livro, porque muito do que queria dizer está de certa forma nas linhas da critica em cima. Digo só o seguinte: a sua mulher anda doida com "As Cinquenta Sombras de Grey"? Leve este livro para casa e mostre-lhe como pode ser muito mais libidinoso sem perder a qualidade literaria. O titulo não mente, é uma porno epopeia! E humor, muito humor. Recomendo muito.

Reinaldo Moraes

Reinaldo Moraes nasceu em São Paulo, em Janeiro de 1950. É escritor, radialista e guionista. Estreou-se na literatura em 1981 com o romance Tanto Faz. Em 1985 publicou Abacaxi, uma noveleta nada exemplar. Ambos os livros acabam de ser reeditados num volume único pela editora brasileira Companhia das Letras. Depois de longos anos sem publicar nada, voltou à cena literária partir de 2003 com o romance de aventuras Órbita dos Caracóis (Companhia das Letras), seguido da narrativa de viagem Estrangeiros em Casa (National Geographic-Abril, de 2004, com fotografias de Roberto Linsker), do livro de contos Umidade (Companhia das Letras, 2005), da novela infantil Barata! (Companhia das Letras, 2007) e do romance Pornopopeia, que agora se publica em Portugal.

(ver mais)
Humidade

Humidade

10%
Companhia das Letras
16,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Cheirinho do Amor

O Cheirinho do Amor

Quetzal Editores
16,60€
As Cinquenta Sombras Livre

As Cinquenta Sombras Livre

10%
Lua de Papel
18,90€ 10% CARTÃO
portes grátis