10% de desconto

Os Sobrinhos do Capitão

Partidas & Cegadas

de Joe Musial

editor: Gradiva, abril de 2003
No meio de um oceano de politicamente correcto (felizmente em contracção acentuada nos últimos anos), existe uma ilha maravilhosamente incorrecta. Uma ilha tropical onde a terceira idade não dá «bons exemplos». Onde as crianças são monstrozinhos ocupados a pregar partidas demolidoras, convenientemente sovadas quando apanhadas com a boca na botija. Sobretudo, uma ilha onde a vida é divertida à brava, já lá vão mais de cem anos.
Os Sobrinhos do Capitão, The Katzenjammer Kids de baptismo, nasceram em 1897 da pena de Rudolph Kirk, nas páginas do New York Journal de William Randolph Hearst, o tal que inspirou a figura do Citizen Kane. Não são nem por sombras sobrinhos do capitão, que é um velho lobo-do-mar reformado, hóspede da mãe dos miúdos, juntamente com o seu (quando calha) amigo inspector. Ambos merecem todas as partidas (terríveis) que os manos lhes pregam, e só têm a seu favor a brutalidade e força física. Mas os Davids acabam sempre por chegar para os Golias.
The Katzenjammer Kids/Os Sobrinhos do Capitão são daqueles anciãos radicais que não precisam de operações plásticas, por estarem cada vez mais novos. Mais de um século após a primeira edição portuguesa — em 1899, no jornal satírico lisboeta A Carantonha —, a Gradiva orgulha-se por isso de reeditar este grande clássico, que, juntamente com The Yellow Kid, marca o aparecimento da BD moderna, a dos balões, das estrelinhas sobre a tola, e das onomatopeias.
A aventura vai começar. Atenção às partidas... e às cegadas.

Os Sobrinhos do Capitão

Partidas & Cegadas

de Joe Musial

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726629191
Editor: Gradiva
Data de Lançamento: abril de 2003
Idioma: Português
Dimensões: 210 x 219 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 128
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Banda Desenhada > Humor
EAN: 9789726629191
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e E E E E

Os Sobrinhos do Capitão - Partidas e Cegadas

Mário José Ramalho Pires

Uma completa decepção. A tradução não está bem feita. Trata-se de tiras de fracas piadas de uma página cada. E não uma história completa como os 15 livros de "Os Sobrinhos do Capitão" (por Rudolph Dirks), com o tradutor e director da edição portuguêsa, o Grande e saudoso "Vasco Granja". Com o nome de "Carlitos e os Sobrinhos do Capitão". Foram editados pelas "Publicações Europa América, Lda.", em 1973. E foram distribuidos pela "Livraria Bertrand S.A.R.L". (se a tradução tivesse sido feita pelo Vasco Granja), dava 5 estrelas. Assim não merece mais do que uma estrela, infelizmente.

Licença Para Sonhar

Licença Para Sonhar

10%
Gradiva
2,50€ 10% CARTÃO